Memória: Segundo encontro da família Camassola  - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Caxias antiga05/11/2018 | 07h30Atualizada em 05/11/2018 | 07h30

Memória: Segundo encontro da família Camassola 

Descendentes celebram os 140 anos da chegada ao Brasil dos pioneiros imigrantes italianos Pietro Camazzola e Maria Pellizzari, em 1878

Memória: Segundo encontro da família Camassola  acervo de família / divulgação/divulgação
Terceira geração: Joanin Camassola, a esposa Angelina e os filhos Aires e Remi. Foto: acervo de família / divulgação / divulgação

O próximo sábado, 10 de novembro, será de celebração para a família Camassola. Os descendentes celebram os exatos 140 anos da chegada ao Brasil do casal de imigrantes italianos Pietro Camazzola (originalmente com "z") e Maria Pellizzari. O encontro, em sua segunda edição, ocorre na cidade de São Joaquim, na serra catarinense, região onde um ramo dos descendentes se estabeleceu — a primeira edição, em novembro do ano passado, foi realizada em Forqueta.

Oriundos da comuna de Romano d'Ezzelino, na província de Vicenza, Pietro e Maria fixaram-se na localidade de Ana Rech, onde tiveram os filhos Antônio, Ernesto, Angelina, Alberto, Itália e Catharina — que, posteriormente, constituíram suas famílias e espalharam-se pelos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Conforme informações repassadas pela organização do encontro, Ernesto Camassola casou-se com Luiza Corso e deixou nove descendentes: Pedro, Vanda, Olga, Adélia, Elisário, Avelino, Joanin, Orlando e Eduardo. Pedro casou-se com Jacomina Susin; Vanda com Henrique Santini; Olga com Sadi Marchiori; Adélia com João; Elisário com Seraides Santos; Avelino com Jovelina Pellizzari; Joanin com Angela Maurina (Angelina); Orlando com Julieta de Miranda; e Eduardo com Maria Helena Pereira. Alguns casais permaneceram na cidade, outros constituíram suas famílias em outras localidades. A maioria, porém, permaneceu no Rio Grande do Sul.

Nas fotos desta página, algumas imagens da trajetória da família ao longo do século 20, como o casamento de Antonio Camassola, o primogênito de Pietro, com Angelina Brunelli Camassola (abaixo). Abrindo a matéria, Joanin Camassola, a esposa Angelina e os filhos Aires e Remi. Na sequência, a cavalo, Ernesto Camassola e parentes nos primórdios do século 20. Por fim, o quadro em que aparecem Pedro Camassola, a esposa Jacomina Susin e os 17 filhos.

Com informações da leitora Elani Pandolfi.

Leia mais:
História da família Camassola no Brasil

Encontro da família Chies em Carlos Barbosa
Encontro da família Webber
Encontros das famílias Manfroi e Marafon
Encontro da família Ferro em Vila Flores  
Encontro da família Menegat em Nova Pádua
Imigração italiana: encontro da família Lain
Encontro da família Gobbato em Monte Bérico
Encontro da família Fermiano Alves em Criúva   

O casamento de Antonio Camassola, filho do pioneiro Pietro, com Angelina BrunelliFoto: acervo de família / divulgação
Ernesto e os pioneiros Camassola, nos primórdios do século 20Foto: acervo de família / divulgação

Contatos do encontro
::
Lúcia: (49) 99105.0904
:: Ivan: (49) 99173.0849
:: e-mails: luciahugen@gmail.com ou  ecpandolfi@gmail.com 

Quadro mantido pela família até hoje traz o casal Pedro Camassola e Jacomina juntamente com os 17 filhosFoto: acervo de família / divulgação

Participe da coluna 

Você possui fotos antigas de família ou está organizando algum encontro de descendentes? Envie as imagens em alta resolução, acompanhadas de um breve histórico, para o e-mail rodrigolopes33@gmail.com.

Leia mais:
Encontro da família Molon em Farroupilha
Família Motter celebra as origens em Caravaggio da Terceira Légua
Encontro da família Bussolotto em Nova Bassano
Encontro da família Soldatelli em São Marcos
Encontro da família Bortoloso em Ipê
Encontro da família Gedoz em Carlos Barbosa
Encontro da família Fachinelli em Garibaldi
Os 125 anos da família Tonus no Brasil
Encontro internacional da família Bigolin em Pinto Bandeira
Imigração italiana: Isidoro Bigolin e o brinco de ouro   

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros