Memória: Getúlio Vargas e a inauguração do Samdu em 1954 - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Caxias antiga07/11/2018 | 08h24

Memória: Getúlio Vargas e a inauguração do Samdu em 1954

Serviço de Assistência Médica Domiciliar de Urgência foi inaugurado quando o presidente passou por Caxias, há 64 anos

Memória: Getúlio Vargas e a inauguração do Samdu em 1954 Acervo pessoal de Hildo Boff / divulgação/divulgação
Getúlio Vargas e o governador do RS, Ernesto Dornelles, durante o desfile em carro aberto pela Av. Júlio, em 28 de fevereiro de 1954. Ao fundo, o prédio do Banrisul Foto: Acervo pessoal de Hildo Boff / divulgação / divulgação

Segundo presidente da República a prestigiar a abertura da Festa Nacional da Uva — o primeiro foi Eurico Gaspar Dutra, na edição de 1950 —, Getúlio Vargas chegou a Caxias em 27 de fevereiro de 1954. Apesar de a agenda estar focada basicamente na programação da festa, Vargas também participaria da inauguração do Serviço de Assistência Médica Domiciliar de Urgência, o lendário Samdu, mas uma inflamação nos joelhos, acentuada durante a viagem, impediu-o de comparecer à solenidade.

Para quem lembra, o Samdu era subordinado ao Ministério do Trabalho e mantido com recursos advindos de uma taxa especial recolhida pelos institutos de previdência. Com unidades em várias cidades do país, tinha por objetivo prestar serviço médico de urgência aos contribuintes dos institutos de pensões e aposentadorias. 

Em Caxias, o Samdu teve como primeiro médico-chefe o doutor Renato Metsavaht e estendeu seus serviços também à população em geral e moradores do interior — mediante a concessão de uma ambulância e de um auxílio extra, intermediado pelo prefeito Euclides Triches e pela Câmara de Vereadores.  

Leia mais:
Homenagem nos 50 anos do curso de Medicina da UCS
100 anos do Hospital Pompéia: a trajetória do médico Renato Metsavaht
Morre o médico Renato Metsavaht, aos 86 anos 

Foto: Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul / reprodução

Na imprensa

Conforme matéria do Pioneiro de 6 de março de 1954 (fotos acima e abaixo), a equipe atendia tanto em suas instalações próprias, à Rua Sinimbu, 1.213 (entre a Guia Lopes e a Andrade Neves), quanto a domicílio. Naqueles primeiros tempos, dispunha de quatro veículos, uma ambulância grande e dois jipes — um para serviços, outro para a administração. Já o quadro de pessoal incluía, além de médicos, enfermeiros, motoristas, auxiliares de escritório e serventes. Tudo isso ao chamar pelo número 856.

Leia mais:
Pioneiro 70 anos: recordações impressas na memória
Pioneiro 70 anos: a capa da primeira edição em 1948
Pioneiro 70 anos: formatura dos contadores do Carmo em 1948
Pioneiro 70 anos: anúncios na estreia do jornal em 4 de novembro de 1948
Pioneiro 70 anos: de volta a 1952
Pioneiro 70 anos: termos em desuso, mas com o charme de época  

Foto: Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul / reprodução

A equipe 

:: Médicos: Renato Metsavaht, Natalino Oliva, Giovanni Scavino, Darcy Mario Pezzi, Darwin Gazzana, Wilson Silveira, Eraldo Christ e Heitor Cantergianni.

:: Enfermeiros: Ramon dos Santos Robalo, Estanislau Alves Martins, Léo Carlos Bracht, Guido Molinari Rojas e Guiomar Brasil Marcanzoni.

:: Motoristas: Luis Mosena (mecânico), Olegário Flores da Silva, Benjamin Salvador, Deni Terra Lima e Olímpio Tomazoni.

:: Auxiliares de escritório: Amábile Vaccari e José Lírio de Souza Pires.

:: Serventes: Vasco Dante Susin e José Ezequiel da Silva.

Densas nuvens 

Em seu livro Festas da Uva, editado em 1965, o historiador João Spadari Adami detalhou a chegada do avião presidencial e o roteiro de Vargas pela cidade — a partir de trechos reproduzidos da edição de 28 de fevereiro de 1954 do jornal Diário do Nordeste:

"Eram precisamente 17h15min quando romperam as densas nuvens e o avião presidencial tomou pista no aeroporto local, uma aterrissagem perfeita, cujo avião foi o primeiro a aterrissar nesse campo conduzindo passageiros. O presidente Vargas assomou à porta do DC-3 do Ministério da Aeronáutica com seu amplo e permanente sorriso, recebendo as entusiásticas ovações dos presentes. Acompanhando o Chefe da Nação chegaram o deputado federal Diogo Brochado da Rocha, secretário da Agricultura da União, além de membros de sua guarda pessoal. Em companhia do general Ernesto Dornelles, governador do RS, Getúlio Vargas tomou assento no carro oficial que o conduziu até o Parque da Exposição, seguido de extensa fila de automóveis. Ao longo de todo o percurso, desde o aeroporto até as primeiras ruas de nossa cidade, o Chefe da Nação foi entusiasticamente aplaudido pelo numeroso público que se comprimiu nos passeios."

O roteiro da festa

No dia 27 de fevereiro de 1954, Getúlio Vargas inaugurou o novíssimo Pavilhão da Exposição, na Rua Alfredo Chaves, e participou do banquete especial oferecido pela prefeitura e pela comissão da Festa da Uva no Real Hotel. 

Foi após essa programação que Vargas refugiou-se na lendária chácara do empresário Júlio Ungaretti, na Rua Os Dezoito do Forte, onde o chefe de sua guarda pessoal, Gregório Fortunato, foi o único integrante da comitiva a dormir na mansão, em uma cama improvisada no vestíbulo próximo ao quarto — o restante acomodou-se nos aposentos dos empregados, nos fundos da chácara. 

No dia seguinte, 28, Vargas inaugurou o Monumento Nacional ao Imigrante e conferiu o desfile pela Av. Júlio de Castilhos (foto que abre a matéria), retornando imediatamente ao Rio de Janeiro.

Leia mais:
Getúlio Vargas no Real Hotel em 1954
Monumento ao Imigrante: histórias dos últimos 60 anos
Getúlio Vargas e o inseparável guardião Gregório Fortunato
Um carro soberano na Festa da Uva de 1954
Festa da Uva de 1954: lembranças escritas à mão
Um relicário para Lucia Carbone: a chácara das famílias Ungaretti e Triches
Restaurante da Exposição em 1954
Festa da Uva: um novo pavilhão surge em 1954
A festa interminável de 1954  
Restaurante da Exposição: um churrasco para Martha Rocha em 1955
Mirante do Parque dos Macaquinhos em 1965 

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória  

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros