Memória: Brechó São Lucas, um templo para garimpar - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Caxias antiga05/09/2018 | 07h30Atualizada em 05/09/2018 | 07h30

Memória: Brechó São Lucas, um templo para garimpar

Pequeno recinto junto ao Museu dos Capuchinhos comercializa títulos literários e centenas de peças sacras, de quadros a capelinhas e esculturas antigas

Memória: Brechó São Lucas, um templo para garimpar Rodrigo Lopes / especial/especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial / especial

Conhecer o atelier de restauração e pintura do frei Celso Bordignon, junto ao Museu dos Capuchinhos, é adentrar um espaço onde arte, fé, história e literatura dialogam à perfeição. Visitar o pequeno cômodo dotado de alçapão na parte inferior do espaço, porém, guarda ainda mais surpresas. 

É lá, no Brechó São Lucas, que estão armazenadas centenas de títulos oriundos das bibliotecas dos seminários e conventos — que não foram anexadas à oficial da congregação —, além de uma variedade de peças garimpadas por Celso em suas andanças pela região. E o melhor de tudo: à venda por preços super acessíveis.

São imagens sacras, quadros, molduras, objetos de liturgia, cálices, crucifixos, aparadores, caixotes, baús, ícones, estampas religiosas, capelinhas antigas, discos de vinil, presépios, cabides, peanhas e toda sorte de apetrechos e "cacarecos" — como bem define a inscrição em uma das tantas caixas de papelão que lotam o cubículo até quase o teto.

Conforme Celso, muitas das peças garimpadas seriam colocadas no lixo. 

— Mas como gosto de coisas antigas, sempre pego e guardo. A ideia agora é ir se desfazendo, por causa da falta de espaço — argumenta.

Traduzindo: impossível sair de lá de mãos abanando...

Leia mais:
Freis Capuchinhos: 120 anos no Rio Grande do Sul
Primórdios da Diocese de Caxias em 1931
Congresso Eucarístico de 1948: um marco da Diocese  
Memória dos Capuchinhos: 25 anos sem o Frei Ambrósio Tondello
Ginásio do Colégio Santo Antônio em 1968
Apostolado da Oração da Paróquia de Lourdes em 1948

Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial

Feira de livros usados 

Parte do rico acervo, o literário, vai migrar do brechó para o atelier de restauração do frei Celso nos dias 13, 14 e 15 de setembro. É quando ocorre uma feirinha de livros das mais diversas áreas, com preços entre R$ 1 e R$ 2. 

Estarão à disposição desde enciclopédias e  antigos dicionários de sinônimos e antônimos, latim e italiano até clássicos de Ernest Hemingway, Júlio Verne, Jorge Amado e Machado de Assis. Outra preciosidade são as gravuras: centenas de estampas vintage originais dos anos 1950 e 1960, subdividas em caixas por temática — animais, plantas, flores, santos, paisagens, etc..   

O Museu dos Capuchinhos fica na Rua General Mallet, 33 A, bairro Rio Branco. O horário de atendimento é das 8h30min às 11h30min e 13h30min às 17h. Sábados, das 8h30min às 12h. Mais informações pelo fone (54) 3220.9565. 

Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial

O brechó

O espaço também divulga suas relíquias e promoções na página Brechó São Lucas, no Facebook, e também no site www.brechosaolucas.blogspot.com.

Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial
Foto: Rodrigo Lopes / especial

Leia mais:
Encontro da família Bussolotto em Nova Bassano
O pioneirismo da Importadora Comercial Ltda
Edifício Antares: um prédio "diferente" surge em 1976

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros