Memória: Ginásio do Colégio Santo Antonio em 1968 - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Caxias antiga16/08/2018 | 07h30Atualizada em 16/08/2018 | 07h30

Memória: Ginásio do Colégio Santo Antonio em 1968

Grupo de alunos que iniciou no Ginásio Comercial Santo Antonio há 50 anos prepara encontro para celebrar a data e recordar histórias dos tempos de escola

Memória: Ginásio do Colégio Santo Antonio em 1968 Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação/divulgação
Frei Décio (Antonio Baggio) e os alunos durante uma excursão para Veranópolis em 1968 Foto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação / divulgação

Valmir Trentin tinha 12 anos em 1967 e morava na Rua Sarmento Leite, a alguns metros da Avenida Rio Branco. Juntamente com dezenas de outros garotos e garotas do então bucólico bairro, prestou o exame de admissão para o antigo Ginásio Comercial Santo Antônio, ao lado da Igreja dos Capuchinhos. Foi onde, entre 1968 e 1971, cursou as quatro séries integrantes daquela etapa, mesclando o aprendizado téorico-prático com amizades cultivadas até hoje. 

Toda essa trajetória, sempre lembrada pelos antigos colegas, ganhará uma programação pra lá de especial no próximo dia 23 de novembro, quando a trupe celebra os 50 anos do início do ginásio. O local ainda não foi confirmado pela organização, mas para já ir dando uma prévia do que vem por aí, seu Valmir abriu o farto álbum de recordações, com todo o material referente aos tempos do Santo Antonio. 

Estão lá dezenas de fotos, convites, registros de excursões, reproduções do antigos uniformes (saia plissê, camisa volta ao mundo, blusão e conga), além de momentos das reuniões dançantes e festas de 15 anos nos anos 1970, das idas ao lendário Bar Cacique e dos antigos encontros de turma — que tiveram sua primeira edição em 1983.  

A turma durante uma excursão para Passo Fundo em 1969Foto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação
Álbum de Valmir Trentin traz uma detalhada linha do tempo com fotos e lembranças dos tempos de escolaFoto: Rodrigo Lopes / especial
Álbum preservado por Valmir Trentin traz uma detalhada linha do tempo com fotos e lembranças dos tempos de escolaFoto: Rodrigo Lopes / especial

Excursão para Arroio do Sal

Entre tantas recordações, seu Valmir recorda de um passeio pra lá de polêmico em 1971. Como a direção da escola havia acabado com as tradicionais excursões de final de ano — mas a tia de um colega (Alceu Boeira de Sá) tinha uma casa em Arroio do Sal —, a turma resolveu "organizar" a própria viagem. Providenciou comida para passar três dias na praia, alugou um ônibus do Expresso Caxiense e rumou à "gringolândia". Detalhe: sem o acompanhamento de nenhum professor. 

A surpresa maior, porém, deu-se na chegada: os cerca de 25 adolescentes precisaram se empilhar em uma casa de madeira de apenas dois quartos e uma sala. Foi lá, entre rodas de guitarra e violão, sob o comando dos futuros músicos Joel Vianna e Abel Prezzi Neto, que a turma também "se montava" com as roupas de teatro da escola para sair na rua e ir à praia.  

— A gente só comia cuca e tomava Coca-Cola, compradas na padaria. Também levamos aquele "queimão" de sol — diverte-se Valmir.

Os quilos de comida transportados de Caxias? 

— Sobrou tudo... — recorda Valmir.

Leia mais:
Abel Prezzi Neto e a banda Lobo da Estepe nos anos 1970
Lobo da estepe e o Baile do Caixão em 1975
Formatura do Ginásio do Colégio Santo Antonio em 1966
Dia do Professor: o jubileu de ouro das formandas de 1965 da Escola Normal
Formatura das alunas da Escola Normal Duque de Caxias em 1964
Formandos de Contabilidade do Carmo em 1965
Formandos do Científico do Carmo em 1964
Formandos do Ginásio do Carmo em 1958

Os 15 anos de Margô Possebon (ao centro) em 1971: Maria Helena Rossi, Isolda, Miriam, Solange, Margô, Marinês, Maria e Julia. Agachados: Maurício, Valmir Trentin, Joel Vianna e Abel Prezzi NetoFoto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação
Festa de 15 anos: a aniversariante Margô Possebom entre Miriam Rodrigues da Fonseca e Valmir Trentin em 1971 Foto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação
Álbum preservado por Valmir Trentin traz uma detalhada linha do tempo com fotos e lembranças dos tempos de escolaFoto: Rodrigo Lopes / especial

A turma e os professores

Compuseram a turma que prestou o exame de admissão em 1967 os então  adolescentes Abel Prezzi Neto, Alceu Boeira de Sá, Antonio Gazola, Beatriz Barcarolo, Bernadete Schiavo, Eda Argenta, Eleda Speggiorin, Henriette Algayer, Ida Bianchi, Isolda Giani, Joel Vianna, Jorge Grandi, José Mezzomo, José Bruno Gerevini, Julia Costi, Mara Valentini, Maria Mascignani, Helena Capeletti, Maria Helena Rossi, Maria H. Rigotto, Maria H. Bellincanta, Maria R. Savi, Marinês Santos, Marta Conzatti, Maurício Randon, Miguel Vesses, Margô Possebon, Rudimiar Grillo, Miriam Conzatti, Miriam Rodrigues da Fonseca, Paulo Guimarães, Renieri Balestro, Solange da Costa e Valmir Trentin. 

Já entre os professores figuravam nomes como Leda Borelli (Religião), Leonildo Pan (Português), Maria Luiza Paim e Frei Silvino (Geografia), Mario Lozano (Educação Física), Evilázio Machado dos Reis (História) e Léa Rossi (Matemática), além do Frei Décio (Antonio Baggio, da congregação dos Capuchinhos) e da supervisora Sandra Dartora Mattana. 

Leia mais:
Primário do Colégio do Carmo em 1949: um encontro 65 anos depois
Magistério da Escola Normal Duque de Caxias em 1951
Ginásio da Escola Normal Duque de Caxias em 1953  

A formatura em 1971: Valmir Trentin recebe o diploma de Mansueto de Castro Serafini FilhoFoto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação
A formatura em 1971: Mara Valentini recebe o diploma de Mansueto de Castro Serafini FilhoFoto: Acervo pessoal de Valmir Trentin / divulgação
Álbum preservado por Valmir Trentin traz uma detalhada linha do tempo com fotos e lembranças dos tempos de escolaFoto: Rodrigo Lopes / especial

Os encontros 

O primeiro encontro do grupo ocorreu em 1983, somando sete edições até hoje. Conforme Valmir Trentin, são aguardados cerca de 30 colegas, vindos de cidades como Brasília, Florianópolis, Salvador, Porto Alegre, Torres e Bento Gonçalves. 

Além de Valmir, a organização do encontro de 2018 está a cargo de Mara Valentini Ribeiro Mendes e Solange Costa. Mais informações com Valmir, pelo fone (54) 98402.5894.

Leia mais:
Formatura de Contadores do Carmo em 1948
Formatura de datilografia do Ginásio São Carlos em 1945
Formatura do Magistério do Colégio São Carlos em 1965
Os 115 anos do Colégio São José
A cidade e o Colégio do Carmo pelo olhar do Irmão Bonifácio
Formatura das alunas-mestras do Colégio São José em 1936
Colégio La Salle, uma história de 80 anos
Calouros, bixos e lembranças de antigos vestibulares   

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória  


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros