Estudantes que estavam fora da escola iniciam as aulas nesta segunda-feira em Caxias - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Ensino Fundamental06/08/2018 | 07h30Atualizada em 06/08/2018 | 07h30

Estudantes que estavam fora da escola iniciam as aulas nesta segunda-feira em Caxias

68 alunos voltarão a estudar após meses de espera

Estudantes que estavam fora da escola iniciam as aulas nesta segunda-feira em Caxias Diogo Sallaberry / Agência RBS/Agência RBS
Turmas extras foram abertas na Escola Estadual Dante Marcucci com transporte custeado pelo município Foto: Diogo Sallaberry / Agência RBS / Agência RBS

Após meses de espera, está confirmado para esta segunda-feira o início das aulas para parte dos estudantes de Ensino Fundamental que ainda estavam fora da escola em Caxias do Sul. São alunos das regiões dos bairros Desvio Rizzo e Esplanada que não tinham conseguido vaga em instituições de ensino próxima de casa.

Leia mais
Cem alunos ainda estão fora da escola em Caxias do Sul
Para 2019, meta é trazer os alunos para mais perto de casa em Caxias
Impasse sobre responsabilidade pelo Ensino Fundamental impede novos investimentos em Caxias

Os 68 alunos iniciarão as aulas na Escola Estadual Dante Marcucci, no bairro Cinquentenário. Três novas turmas foram abertas pelo Estado e o transporte escolar foi contratado pelo município após longo processo burocrático. 

Conforme a titular da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (Cre), Janice Moraes, uma reunião nesta sexta-feira entre a Secretaria Municipal da Educação de Caxias (Smed) e as famílias dos alunos, solicitada pelo Ministério Público, tirou dúvidas sobre o serviço que será oferecido. 

— Foi esclarecido qual será o roteiro e porque se chegou nessa solução. Os pais saíram bem mais tranquilos — aponta. 

Ainda assim, três pais contatados pelo Pioneiro neste domingo afirmaram não saber se o serviço estava confirmado.

— Por enquanto, não me falaram nada. Até agora, estou aguardando. A gente fica preocupado, porque o ano está acabando — lamenta o soldador Marciano Lopes Leivas, 45, pai de Eloyse, oito.

A família de Eloyse se mudou de Passo Fundo para Caxias há alguns meses e não conseguiu vaga em escolas na região do Rizzo. A 4ª Cre aponta que todas as famílias foram avisadas da reunião de sexta, mas diz que irá conferir a lista de estudantes nesta segunda. 

O município contratou dois prestadores de serviços para atender os alunos: um dos roteiros atenderá 26 crianças nos bairros Esplanada, São Caetano e Nossa Senhora das Graças no turno da tarde. O outro contempla 15 alunos pela manhã e 27 a tarde, do bairro Desvio Rizzo e também da zona sul de Caxias. Havia a possibilidade de incluir mais alguns alunos, mas o número final fechou em 68 crianças atendidas. 

Para 2019, 4ª Cre e prefeitura de Caxias apostam na vinculação obrigatória das matrículas ao endereço residencial dos alunos para diminuir o déficit de vagas em escolas próximas. A mudança está em análise pelo governo do Estado. 

Leia também
Inverno de 2018 já teve mais horas de frio do que todo o ano passado
Centenas de pessoas prestigiam Corrida de Carrinho de Lomba em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros