Memória: Tânia Tonet e uma história recheada de histórias - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Caxias antiga27/07/2018 | 06h30Atualizada em 27/07/2018 | 06h30

Memória: Tânia Tonet e uma história recheada de histórias

Pesquisadora e museóloga faleceu na última segunda, aos 69 anos. Missa de sétimo dia ocorre neste domingo  

Memória: Tânia Tonet e uma história recheada de histórias acervo de família / divulgação/divulgação
O casamento com Jucir Tonet em 23 de janeiro de 1971, na Igreja Santo Antônio, em Bento Gonçalves Foto: acervo de família / divulgação / divulgação

A pesquisadora que tanto trabalhou pelo resgate e manutenção da história de Caxias e região também fez história. Em pesquisas e publicações, na museologia, na atuação política e social, na busca por tudo aquilo que o tempo, por vezes, trata de apagar, é impossível não atrelar seu nome ao passado da região — e ao futuro que se desenha a partir de seus trabalhos. Falamos de Tânia Maria Zardo Tonet, falecida na última segunda-feira, aos 69 anos. 

Museóloga Tânia Tonet morre em Caxias do Sul
Para recordar de Girólamo Magnabosco

Filha de Antonio Clemente Zardo e Olímpia Roman Ros,Tânia Maria Zardo nasceu em 22 de setembro de 1948, em Bento Gonçalves. Desde cedo, a jovem demonstrou interesse por assuntos como história e suas relações com a memória afetiva, o que levou-a a graduar-se em Filosofia, em 1970 — na sequência, vieram os estudos em Museologia, Folclore e História da América Latina. 

Já a trajetória profissional teve início em meados dos anos 1970, quando Tânia passou a atuar junto a instituições ligadas à preservação da memória, como o Museu Municipal e o embrião do Arquivo Histórico, surgido em 1976, nos fundos do prédio da Rua Visconde de Pelotas. No fim daquela década, ela também uniu-se ao movimento para a preservação do antigo Hospital Carbone — então às vias de demolição e, desde 1999, sede oficial do Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami.  

 Leia mais:
Arquivo Histórico Municipal: um casarão para a história
Arquivo Histórico Municipal nos anos 1980: um prédio em reformas 

A formatura em Filosofia em 1970Foto: Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Tânia nos anos 1980Foto: acervo de família / divulgação
Tânia, o ator Bruno Campos e o filho Charles Tonet durante as gravações de "O Quatrilho", em 1994 Foto: Acervo de família / divulgação
Fenavinho 2000: Tânia e Charles Tonet com o vice- presidente da República, Marco Maciel, o prefeito Darcy Pozza, e Jaime Milan, presidente da Fenavinho Foto: acervo de família / divulgação
Filmagens de "O Quatrilho" em 1994Foto: Acervo de família / divulgação

Os trabalhos

A rica trajetória de Tânia focada na preservação da história, por vezes, ocultou outros "pioneirismos". Em 1988, ela foi a primeira mulher a receber do Movimento Tradicionalista Gaúcho a Comenda Negrinho do Pastoreio. No ano seguinte, também foi a primeira mulher a assumir a vice-presidência de eventos do MTG. 

Todo esse reconhecimento dialogou com uma série de outras atividades: a direção do Museu Municipal, a orientação histórico-antropológica para o filme O Quatrilho, a organização do Memorial do Hospital Pompéia e do acervo fotográfico da Rádio Caxias, a pesquisa para o restauro da Igreja de São Virgílio, o envolvimento com a Festa da Uva, o lançamento dos livros enfocando a trajetória das empresas Saccaro e Dalia, a coleta de informações para o álbum comemorativo dos 30 anos do Sindipetro Serra Gaúcha, a biografia de Raul Randon, a formatação do Museu de Território de Galópolis, a museografia do Instituto Hércules Galló, entre dezenas de outros trabalhos... que a história de Caxias dificilmente irá esquecer.

 Leia mais:
Arquivo Histórico Municipal celebra 40 anos
Um relicário para Lucia Carbone
Primórdios do Museu Municipal na década de 1950
Casa de Pedra: uma restauração em 1975
A inauguração da Casa de Pedra em 1975
Museu Municipal: uma viagem ao passado de Caxias 

Tânia (E), José Brugger e Francisco Ferrer durante a inauguração do Centro de Memória do Hospital PompéiaFoto: acervo de família / divulgação
João Saccaro, José Ivo Sartori, Tânia Tonet, Charles Tonet e Ivo Saccaro no lançamento do livro da empresa SaccaroFoto: acervo de família / divulgação
Pesquisa para os trajes das soberanas da Festa da UvaFoto: Porthus Junior / Agência RBS
Tânia fez a pesquisa para os trajes das soberanas da Festa da Uva de 2010Foto: Porthus Junior / Agência RBS
Instituto Hércules Galló em 2015: Renato Sólio, Rúbia Frizzo, Alceu Barbosa Velho, José GAlló, José Ivo Sartori e Tânia TonetFoto: acervo de família / divulgação
Tânia e Renato Sólio, o diretor do Instituto Hércules Galló, em GalópolisFoto: Felipe Nyland / Agência RBS
Tânia Tonet e a moradora de Galópolis Vera Vial RossoFoto: Felipe Nyland / divulgação

Leia mais:
Endereços para recordar da história de Caxias do Sul
Inauguração da Pinacoteca Aldo Locatelli em 1975
Pinacoteca Aldo Locatelli e Amarp: uma trajetória na imprensa
Vídeo: inauguração da Pinacoteca Aldo Locatelli em 5 de junho de 1975
Família de Aldo Locatelli prestigia abertura da Pinacoteca em 1975  

Tânia Tonet, Alceu Barbosa Velho, Alexandra Baldisserotto e Carla Tomaz, no lançamento do livro sobre o bairro São Pelegrino Foto: acervo de família / divulgação
Tânia Tonet, Alceu Barbosa Velho e Alexandra Baldisserotto, no lançamento do livro sobre a história do bairro São PelegrinoFoto: acervo de família / divulgação

Atuação em São Pelegrino

O falecimento de Tânia em 2018 coincide com os 20 anos de um dos trabalhos mais importantes da pesquisadora: a recuperação, a partir de 1998, do acervo da Casa de Memória São Pelegrino e todo o trabalho de restauração do templo, em parceria com a Sociedade de Cultura e Arte Aldo Locatelli (Scala). A partir daquela intervenção no subsolo, por exemplo, foi localizado um dos atuais destaques do espaço: a pedra fundamental da igreja, inaugurada oficialmente em 2 de agosto de 1953.

Bairro São Pelegrino: patrimônio histórico e memória em evidência 

A forte ligação de Tania com o bairro também rendeu a publicação São Pelegrino - Quem te viu, quem te vê, lançada em 2015, em parceria com o filho Charles Tonet e a jornalista Ana Seerig. Lá estão resgatadas histórias de ícones como o Pastifício Caxiense, o Cine Teatro Real, os colégios La Salle e São Carlos, o Moinho Progresso, a Importadora Comercial, a igreja e diversos outros endereços que fizeram e fazem a história do bairro.

Aliás, é na Igreja de São Pelegrino, cuja memória ajudou a resgatar, que as últimas homenagens serão prestadas. A missa de sétimo dia ocorre neste domingo, às 17h. Tânia Maria Zardo Tonet deixa o marido, Jucir Tonet, 73 anos, e o filho Charles, 39. 

Tânia Tonet autografando o livro "Saccaro" para Myrian Cirne LimaFoto: acervo de família / divulgação

Leia mais:
São Pelegrino, ontem e hoje
Bar Danúbio nos anos 1950: sorvetes, bebidas e guloseimas
Formatura do Magistério do Colégio São Carlos em 1965  
São Pelegrino e o novo espaço da Casa de Memória
O guardião da chave da Igreja São Pelegrino em 1953
Histórias de São Pelegrino na Cafeteria Tres
Família Zandomeneghi e a Cooperativa Vinícola São Victor
Moinho Progresso: um incêndio em 1954
Colégio La Salle: uma história de 80 anos
Formatura de datilografia do Ginásio São Carlos em 1945
Do Cine Real às Lojas Brasileiras

Cidadã Caxiense

Em 2016, Tânia Tonet recebeu o título de Cidadã Caxiense da Câmara Municipal de Vereadores, devido à contribuição que exerceu na reconstrução da história da imigração italiana na região.

Tânia defende a valorização do passado indígena da região, junto à Estação FérreaFoto: acervo de família / divulgação
Tânia e Charles Tonet no lançamento do livro "Por que Somos Como Somos", do SimecsFoto: Maicon Damasceno / Agência RBS

Leia mais:
Ferragem Andreazza: uma adega, décadas de histórias
Inauguração do novo Pastifício Caxiense em 1963
Lembranças recheadas de sabor no antigo Pastifício Caxiense
Cooperativa Vinícola São Victor nos anos 1950
Estação Férrea em 1958
Caravaggio e a Via Sacra de Locatelli em 1960
Vídeo: a inauguração da Via Sacra de Locatelli em 1960
Demolição da Vinícola Mosele em 1981 

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros