"Saí por razões estritamente pessoais", diz ex-secretária da Saúde de Caxias - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Gestão11/06/2018 | 18h53Atualizada em 11/06/2018 | 18h53

"Saí por razões estritamente pessoais", diz ex-secretária da Saúde de Caxias

Deysi Piovesan deixou o cargo na última sexta-feira

"Saí por razões estritamente pessoais", diz ex-secretária da Saúde de Caxias Adriano Chaves/Divulgação
Deysi Piovesan (à esquerda), com o prefeito Daniel Guerra e o novo secretário, Geraldo da Rocha Freitas Júnior (à direita) Foto: Adriano Chaves / Divulgação

Após cerca de um ano no cargo, a médica Deysi Piovesan deixou a titularidade da Secretaria da Saúde de Caxias na última sexta-feira. Quem assume a função é o administrador Geraldo da Rocha Freitas Júnior. Em coletiva na tarde desta segunda-feira, a ex-secretária falou pela primeira vez sobre a mudança.

Leia mais
Vereadores ficam surpresos com troca de titular na Secretaria da Saúde de Caxias
Prefeitura de Caxias tem novo secretário da Saúde 

Conforme Deysi, já havia um acordo com o prefeito Daniel Guerra (PRB) que previa a saída do cargo no momento da aposentadoria (Deysi é servidora municipal), mas ela decidiu antecipar o movimento em alguns meses. 

— Chegou um ponto em que projetos familiares, de vida pessoal, exigiam também a minha energia e não teria mais como compatibilizar todo o tempo e dedicação que esse cargo exige — aponta.

No último ano, a saúde pública em Caxias enfrentou dificuldades, como a persistente insuficiência de médicos para atender a população. Ao mesmo tempo, a solução defendida pelo município para a dificuldade, o programa UBS+, foi rejeitada pelo Conselho Municipal de Saúde por incluir a gestão compartilhada do Pronto-Atendimento 24 H0ras (Postão). 

Segundo a ex-secretária, porém, estes fatores não tiveram influência na decisão. 

— As razões que me levaram a sair do cargo são estritamente pessoais. Eu tinha consciência dos desafios quando entrei. Em nenhum momento, a pressão vinda de fora me incomodou — garante.

A ex-secretária avalia o tempo a frente da pasta da Saúde como árduo, mas feliz. Para Deysi, o maior desafio para o Sistema Único de Saúde (SUS), além do subfinanciamento, é conseguir mudar a concepção da população, profissionais e gestores, para direcionar as prioridades para a rede básica. Como conquista do período, a servidora aponta a apresentação do programa UBS+, que acredita que será posto em prática pela gestão municipal. 

— Eu tive a satisfação de participar junto com a equipe da elaboração do programa, desde a fase de diagnóstico do problema, até a proposta para fortalecer a rede básica com a escassez de recursos e limitação de recursos humanos que temos. Eu agradeço toda a confiança que depositaram em mim. Acho que venci uma etapa e hoje, com muita tranquilidade, passo o bastão, para dar continuidade ao projeto — conclui.

Leia também
Alerta de moradores se confirma e pinheiro desaba em Caxias do Sul
Visate aponta redução de 60,6% em quedas dentro dos ônibus em Caxias 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros