Memória: Salão Nobre do Eberle em 1968 - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Caxias antiga06/06/2018 | 07h30Atualizada em 06/06/2018 | 07h30

Memória: Salão Nobre do Eberle em 1968

Espaço, que na noite desta quarta (6) abriga o evento City Talk Vivacidade, sediava antigas cerimônias da empresa

Memória: Salão Nobre do Eberle em 1968 Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / divulgação/divulgação
Cerimônia do jubileu de prata de Enio Arioli (terceiro sentado, da esquerda para a direita) ocorreu no Salão Nobre em maio de 1968 Foto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / divulgação / divulgação

Cinquenta anos separam as imagens desta coluna, e nesse período, o cenário mudou bastante. Falamos do lendário Salão Nobre, localizado no sexto andar da Metalúrgica Abramo Eberle, na Rua Sinimbu. Foi lá que, em maio de 1968, o gerente do varejo Enio Luiz Arioli recebeu uma homenagem pelos 25 anos de atuação na empresa. É lá também que ocorre, nesta terça (6), a 6ª edição do City Talk Vivacidade, evento que pretende discutir temas como patrimônio histórico, memória, arquitetura e ocupação urbana, com entrada franca.

Varejo do Eberle: o jubileu de prata de Enio Arioli em 1968
O cinquentenário da Metalúrgica Abramo Eberle em 1946

Surgido na segunda metade da década de 1950, com a ampliação do prédio da Sinimbu, o Salão Nobre abrigava as mais diversas atividades, de reuniões de acionistas e visitas oficiais a cerimônias e homenagens para funcionários e diretores. Grande parte delas costumava ser registrada em fotos e divulgada no informativo interno da empresa, o lendário Boletim Eberle.

Olivo Berton e os jubilados do Eberle em 1968
Getúlio Jacoby da Rosa: um jubileu de prata em 1969   
Eberle: a trajetória de Joaquim Barasuol 

Nas fotos desta coluna, alguns momentos do salão — e que sintetizam à perfeição o ápice, o declínio e a revitalização do espaço. Na foto acima, a cerimônia comemorativa dos 25 anos de trabalho de Enio Luiz Arioli (terceiro sentado, a partir da esquerda). Ao lado dele, a filha Adriana Arioli e, ao fundo (em pé), o filho mais velho, Alexandre Arioli. 

Na sequência abaixo, o espaço em junho de 2013, antes do início das obras de reforma do prédio, tomado de entulhos, lixo e excrementos de pombos. Naquela época, ainda havia resquícios dos tempos áureos: um aparador original da década de 1950 e paineis com as marcas dos nomes em metal dos antigos funcionários, todos então já arrancados. 

Por fim, o salão recuperado, com o piso de parquet genuíno e o minipalco côncavo ao fundo, adornado originalmente por arandelas e pelo brasão do Rio Grande do Sul — conforme vê-se na foto que abre a coluna.

Leia mais:
Varejo do Eberle: um clássico do Centro
Varejo do Eberle: presentes que duram uma vida inteira
Encontro de ex-funcionários do Varejo do Eberle 

O Salão Nobre e o antigo minipalco, onde ocorriam as antigas solenidadesFoto: Daniela Xu / Banco de dados, Agência RBS -9/6/2013
O salão em 2013, ainda um depósito de entulhosFoto: Daniela Xu / Banco de dados, Agência RBS -9/6/2013
Em 2013: aparador e paines originais, onde eram afixados os nomes dos funcionários jubiladosFoto: Daniela Xu / Banco de dados, Agência RBS -9/6/2013
Salão Nobre transformou-se em um depósito de entulhos até meados de 2013Foto: Daniela Xu / Banco de dados, Agência RBS -9/6/2013
O salão em 2013, ainda um depósito de entulhosFoto: Daniela Xu / Banco de dados, Agência RBS -9/6/2013
O Salão Nobre, com o piso original revitalizado, onde ocorre o encontro desta quartaFoto: Paula Valduga / divulgação

Painel sobre patrimônio histórico

A sexta edição do "City Talk Vivacidade" ocorre nesta quarta, dia 6, no sexto andar do prédio do Eberle – renomeado de Edifício Abramo Eberle –, na Sinimbu. A programação inicia-se com uma gincana focada no patrimônio histórico da área central, que promete mobilizar as equipes e participantes inscritos. 

Na sequência, às 17h30min, ocorre um painel sobre patrimônio – com profissionais das áreas de História, Memória, Meio Ambiente, Direito, Construção Civil e Arquitetura –, a palestra com o arquiteto Luciano Rocha de Andrades e a entrega do VIII Prêmio Projeto de Arquitetura e Urbanismo, promovido pelo Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG).

A realização é do coletivo Vivacidade, em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU-RS) e a FSG. Inscrições gratuitas pelo link www.sympla.com.br/vivacidade. Também é possível conferir o painel sem inscrição prévia – o que exclui o certificado de participação. A entrada é franca. 

Mais informações e programação completa na página do evento City Talk – Antiga Fábrica Eberle no Facebook.

Leia mais:
Eberle Centro: detalhes de outros tempos
Antigos vitrais da fachada do Eberle são recuperados
Memórias do Palacete Eberle
Praça Dante Alighieri e o calçamento de pedras portuguesas
A fábrica de joias Eberle Kochemborger e o surgimento da famosa piteira 

Participe

Você possui fotos de cerimônias realizadas no antigo Salão Nobre? Foi jubilado ou possui parentes e amigos que receberam, naquele espaço, o famoso relógio de ouro pelos 25 anos de empresa? Envie imagens e um breve histórico para o e-mail rodrigolopes33@gmail.com.

Leia mais:
Eberle: um relógio de ouro no jubileu de prata
Eberle: o jubileu de prata e ouro de Honório Marotto em 1948
Eberle: a seção de gravação em 1956
Eberle: o jubileu de prata de Hugo Seidl em 1952  

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros