Táxis-lotação reduzem horários em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Greve dos caminhoneiros28/05/2018 | 14h09Atualizada em 28/05/2018 | 14h11

Táxis-lotação reduzem horários em Caxias do Sul

Previsão é de que o serviço se mantenha ao menos até a sexta-feira

Táxis-lotação reduzem horários em Caxias do Sul Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Além da redução do transporte coletivo urbano e do cancelamento de diversos serviços em Caxias do Sul, a greve dos caminhoneiros também afeta os itinerários dos táxis-lotação. 

Leia mais
Manifestantes liberam saída de um caminhão para reabastecer posto de combustível em Caxias
Empresas de transporte intermunicipal garantem operações pelo menos até terça-feira

Conforme o presidente da Associação Caxiense Táxi Lotação (ACTL),   Everton Luiz Pereira Silveira, dos 22 veículos que operam normalmente na cidade, seis estão fora de circulação. Todos pertencem à Visate. 

Os outros táxis-lotação, com proprietários autônomos, foram reorganizados para que todas as linhas sejam atendidas. Desta maneira, os veículos estão circulando de meia em meia hora. As linhas mais afetadas são a UCS/Shopping e a Rio Branco, que costumam circular a cada 15 minutos de segunda a sexta-feira. A linha Ana Rech circulava de 20 em 20 minutos e a linha Aeroporto já mantinha o intervalo de 30 minutos entre as viagens. 

Segundo Silveira, os 16 táxi-lotação devem seguir operando desta maneira até a sexta-feira. 

— Até ali, temos combustível. Depois, será reavaliado — aponta. 

Como fica o serviço:

:: UCS/Shopping: a cada 30 minutos.
:: Rio Branco: a cada 30 minutos.
:: Ana Rech: a cada 30 minutos.
:: Aeroporto: a cada 30 minutos. 

Leia também
"É 99% de chance de ser ele", relata filha de homem desaparecido após incêndio em Caxias
Locatário de casarão incendiado de Caxias lamenta perda de estofaria e desaparecimento de amigo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros