Corpo carbonizado é encontrado após incêndio de casarão histórico em Caxias - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Tragédia28/05/2018 | 07h29Atualizada em 28/05/2018 | 07h29

Corpo carbonizado é encontrado após incêndio de casarão histórico em Caxias

 A identificação da vítima, no entanto, depende da perícia

Corpo carbonizado é encontrado após incêndio de casarão histórico em Caxias André Tajes / Agência RBS/Agência RBS
Foto: André Tajes / Agência RBS / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

Um corpo carbonizado foi encontrado nos escombros do casarão histórico que foi consumido por um incêndio na noite de domingo em Caxias do Sul. A identificação da vítima, no entanto, depende da perícia. Dois homens também ficaram feridos no incidente — um deles está internado no Hospital Pompéia e o outro recebeu atendimento no Postão 24H. O imóvel ficava localizado na Avenida Rio Branco esquina com a Rua Olavo Bilac, bairro São Pelegrino. 

O Corpo de Bombeiros de Caxias do Sul foi acionado às 20h50min. A ocorrência só foi finalizada por volta das 2h de segunda-feira. Participaram do combates às chamas três caminhões dos bombeiros de Caxias, um de Flores da Cunha, além do caminhão-pipa do Samae e da Marcopolo. 

Leia também
Incêndio atinge estofaria em Caxias do Sul 

O  casarão que foi consumido pelas chamas era um dos prédios mais antigos da Avenida Rio Branco. O espaço surgiu por volta de 1927, cinco anos após a chegada do casal Francisco Casara e Paulina Tisott Casara ao bairro, em 1922, e foi batizado de Hotel Avenida.

Conforme a ocorrência registrada na Polícia Civil, atualmente funcionava uma estofaria no piso inferior e uma pensão no segundo andar. 

Leia mais
"Foi um homem de muita garra", resume filho de empresário assassinado neste sábado, em Caxias do Sul
Cerca de 145 mil romeiros passaram pelo santuário de Caravaggio, em Farroupilha


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros