Memória: encontro da família Ferro em Vila Flores - Cidades - Pioneiro
 

Caxias antiga06/04/2018 | 07h30Atualizada em 06/04/2018 | 07h30

Memória: encontro da família Ferro em Vila Flores

Programação ocorre nos dias 28 e 29 de abril na Capela São Lourenço, interior do município

Memória: encontro da família Ferro em Vila Flores Acervo de família / divulgação/divulgação
A matriarca Giovanna , o filho Bortolo (com o copo) e a família do filho Antonio (ao centro, em pé): a esposa Luigia Scagion e os filhos Angelina (E), Otaviano e Angelo Foto: Acervo de família / divulgação / divulgação

Descendentes da imigrante italiana Giovanna Santoforte Ferro e seus filhos têm programa obrigatório nos dias 28 e 29 de abril. É quando ocorre o 2º Encontro da Família Ferro, na Capela São Lourenço, interior do município de Vila Flores.

Conforme informações disponibilizadas pela organização, a trajetória dos Ferro remete à metade do século 19, na comuna italiana de Chiuppano, na província de Vicenza. Foi lá que o casal Horazio Ferro e Veronica Dalle Carbonare estabeleceu-se juntamente com os filhos Giobatta e Bortolo, por volta de 1850. Em 1867, Giobatta (Giovanni Battista) casou com Maria Marangon, nascendo dessa união sete filhos. Já Bortolo uniu-se a Giovanna Santoforte, com quem teve sete descendentes: Orazio, Bortolo, Veronica, Giovanni, Antonio, Maria e Miguel.

Com a morte de Bortolo, Giovanna e os filhos migraram para o Brasil por volta de 1886, estabelecendo-se nos lotes 60, 61 e 62 da Linha Conde de Porto Alegre, atual município de Vila Flores. É exatamente lá que a família reune-se no final do mês, fazendo jus ao lema do encontro, retirado da obra do educador e filósofo Paulo Freire: "Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje. Temos que saber quem fomos, para saber o que seremos".

Na imagem acima, datada de 1920, vemos, sentados à frente, a matriarca Giovanna Santoforte Ferro e o filho Bortolo (de apelido Bortolim), com o copo de vinho). Atrás, em pé, está o filho Antonio (ao centro), acompanhado pela esposa Luigia Scagion Ferro e os filhos Angelina, Otaviano e Angelo.

Leia mais:
Encontro da família Soldatelli em São Marcos
Os 125 anos da família Tonus no Brasil
Encontro internacional da família Bigolin em Pinto Bandeira
Imigração italiana: Isidoro Bigolin e o brinco de ouro
Encontro da família Peruchin em Vacaria  

Foto: Acervo de família / divulgação

O início

O primeiro encontro da família Ferro ocorreu em 2016, na Capela São João Batista, em Veranópolis, reunindo cerca de 400 pessoas – oriundas de 40 municípios de cinco estados brasileiros. A edição de 2018 prevê visita aos endereços históricos (dia 28) e missa e almoço festivo, seguido da apresentação artística de cada ramo da família (dia 29). 

Conforme os organizadores, são esperados por volta de 500 convidados. Acima, um detalhe do brasão da família, que acompanha o convite. Mais informações pelo site www.afamiliaferro.wixsite.com ou na página do Facebook "2º Encontro da Família Ferro". 

Contatos e informações:

:: Odete Cattani: (54) 99207.7265
:: Altir Ferro: (54) 99659.0686
:: Roni Goin: (54) 99976.2758
:: Arzelindo Ferro: (54) 99609.1741

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros