Identificados homens desaparecidos em propriedade rural de Vacaria - Cidades - Pioneiro
 

Investigação06/04/2018 | 10h27Atualizada em 06/04/2018 | 12h11

Identificados homens desaparecidos em propriedade rural de Vacaria

Trio trabalhava na construção de uma casa no interior quando foram vistos pela última vez na terça

Identificados homens desaparecidos em propriedade rural de Vacaria Arte / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Arte / Agência RBS / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Polícia Civil de Vacaria identificou os três homens que desapareceram em uma propriedade rural na localidade de Capela do Caravaggio, distante cerca de 60 quilômetros do município. Conforme a polícia, Nelson Jair Soares, 44 anos, e Alexsandro do Amaral Correa, 23 anos, são os pedreiros contratados pelo empreiteiro Eleandro Aparecido Rodrigues Moraes, 40 anos, que também está sumido. Os três são moradores de Caxias do Sul.

Leia mais
Três moradores de Caxias estão desaparecidos no interior de Vacaria
Polícia suspeita que trio desaparecido em Vacaria tenha se afogado no Rio Pelotas
Bombeiros de Vacaria retomam buscas a trio desaparecido em propriedade rural do município

Segundo o delegado Anderson  Silveira de Lima de Vacaria, a polícia chegou ao nome dos pedreiros, depois de solicitar à família do empreiteiro uma lista com os trabalhadores contratados por ele normalmente. Após verificar os nomes repassados, chegaram até Soares. Na quinta-feira, a família de Correa procurou a polícia para registrar o desaparecimento dele e comunicou que eventualmente ele auxiliava Soares nos serviços de construção. 

— Estivemos ontem (quinta-feira) em Caxias em busca de informações. A última pessoa a ver eles foi um vizinho (Dinarci Perotoni) que vive próximo à casa construída pelo Eleandro. Depois que chegamos ao nome do Nelson, mostramos a foto dele o vizinho afirmou que com certeza é ele que estava junto com o Eleandro e o outro pedreiro — explica o delegado. 

O trio trabalhava na construção de uma casa às margens do Rio Pelotas e foi visto pela última vez, pelo vizinho Dinarci Perotoni, na manhã de terça-feira. Como um barco foi encontrado à deriva nas águas, a Polícia Civil suspeita que os três tenham se afogado. 

— Essa é a principal linha de investigação. Mas não se descarta hipótese de crime. Porém, o crime é mera suposição, porque no local não foram encontrados vestígios de luta, sangue, disparo, nada neste sentido — explica o chefe da Polícia Civil. 

Morador do bairro Exposição, Moraes levava periodicamente dois pedreiros para a obra da casa de campo em Vacaria. Os contratados acampavam na obra e trabalhavam por períodos definidos, entre 15 e 45 dias. O empreiteiro também era o responsável por trazer os trabalhadores de volta a Caxias. 

Na manhã desta sexta-feira, o Corpo de Bombeiros de Vacaria retomou as buscas ao trio. A procura conta com o reforço de homens do Grupamento de Busca e Salvamento de Porto Alegre e cães farejadores  fazendo varredura na mata e vistoriando a margem do rio.

Um helicóptero da Polícia Civil também deve se unir as buscas na tarde desta sexta-feira ou no sábado pela manhã.

Leia também
Escritora Rejane Romani Rech será a patrona da 34ª Feira do Livro de Caxias
"As operações vão continuar", diz secretária de Urbanismo sobre bares irregulares em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros