Campanha quer incentivar pedestres a usarem faixa de segurança, em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 

Trânsito13/03/2018 | 20h17

Campanha quer incentivar pedestres a usarem faixa de segurança, em Caxias do Sul

Durante a ação desta terça, mais de 200 pessoas foram abordadas 

Campanha quer incentivar pedestres a usarem faixa de segurança, em Caxias do Sul Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

"Pedestre: atravesse com segurança, use a faixa". A frase ilustra o material entregue em cruzamentos no centro de Caxias do Sul pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade nesta terça-feira. A intenção: conscientizar os pedestres sobre a necessidade de usar a faixa de segurança e as sinaleiras. A ação durou quase duas horas e meia, das 11h30min às 13h50min. Os fiscais se concentraram na Rua Sinimbu nos cruzamentos com a Visconde de Pelotas e Dr. Montaury — considerados pontos críticos e movimentados da área central. Durante a campanha, mais de 200 pedestres foram abordados.  

Em pouco mais de uma hora, mesmo com a presença dos fiscais de trânsito, a reportagem flagrou pedestres se arriscando no trânsito. O aposentado Luiz Grizo, 63 anos, por exemplo, esperava para atravessar da Catedral para a Praça Dante Alighieri bem longe da faixa de segurança. Ele chegou a descer ao corredor do ônibus e, diante da situação de risco, um motorista do transporte coletivo buzinou para que ele voltasse à calçada. Ao ser abordado pelo secretário de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares, que acompanhava a ação, o idoso se encaminhou até a faixa. 

— Eu uso a faixa mas, às vezes, atravesso fora dela e dou uma corridinha pra dar tempo de chegar do outro lado — justificou.

Para o secretário, este tipo de imprudência deve ser combatida por meio de conscientização. 

— Nossa ideia é realizar as ações a cada 15 dias, para conscientizar pedestres sobre os seus direitos, mas também sobre os deveres. Se tiver a faixa de segurança, ele tem de usar e o motorista tem de parar para que ele atravesse a rua em segurança. Se tem a faixa e o semáforo, o pedestre tem o dever de esperar que o sinal fique verde para que ele passe — orienta o secretário. 

No período que o Pioneiro acompanhou a blitz, a maioria das pessoas aceitou as orientações. Alguns admitiram que, às vezes, não atravessam na faixa ou esperam o sinal ficar verde. 

A balconista Adriana Almeida Machado de Souza, 39, é mais cuidadosa e reclama da falta de respeito dos motoristas.

— É bem perigoso circular pelo Centro. Eu olho o sinal e se estiver verde quando vou atravessar espero fechar e abrir novamente porque os motoristas não respeitam. Hoje mesmo (ontem), três motoristas passaram o sinal vermelho e se eu não estivesse atenta, teria sido atropelada. Precisa respeito, dos dois lados — pondera, ela. 

Os motoristas também foram flagrados dirigindo e falando ao celular, passando o sinal vermelho, e parando muito próximo a faixa de pedestres. Nesta primeira ação, o foco eram os pedestres, mas no dia 27 deste mês, os fiscais orientarão os motoristas para que também respeitem o espaço daqueles que circulam a pé. 

OS NÚMEROS

ATROPELAMENTOS 

2018: 1 

2007: 16

2016: 8

CRUZAMENTOS SINALIZADOS

Rua Sinimbu com:

:: Moreira César

:: Garibaldi

:: Visconde de Pelotas

:: Marechal Floriano

:: Dr. Montaury

Rua Pinheiro Machado com:

:: Feijó Júnior

:: Marechal Floriano

:: Visconde de Pelotas

:: Dr. Montaury

Rua Bento Gonçalves com:

:: Visconde de Pelotas

Leia também
Ato mobiliza centenas de pessoas em busca da menina desaparecida em Caxias 
Polícia relaciona carro branco com o desaparecimento de menina em Caxias 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros