Posto de saúde do Desvio Rizzo, em Caxias, pode ficar até 30 dias sem vacinas - Cidades - Pioneiro
 

Atenção07/02/2018 | 18h30Atualizada em 07/02/2018 | 18h30

Posto de saúde do Desvio Rizzo, em Caxias, pode ficar até 30 dias sem vacinas

Problema no refrigerador é motivo da suspensão no serviço

Posto de saúde do Desvio Rizzo, em Caxias, pode ficar até 30 dias sem vacinas Adriana Franciosi/Agencia RBS
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Desvio Rizzo de Caxias do Sul não está aplicando vacinas devido a um problema no refrigerador que armazena os imunizantes. De acordo com a Secretaria de Saúde, a empresa contratada para fazer a manutenção tem até quinta-feira para avaliar o problema. Se for apenas uma manutenção simples, a previsão é que sexta-feira à tarde o serviço esteja regularizado. Caso exija troca de peça ou compra de novo equipamento, a regularização do serviço pode demorar até 30 dias.

 orientação da Secretaria da Saúde é de que as pessoas aguardem pelo menos até a sexta-feira à tarde. Para quem deseja fazer a vacina da febre amarela para viajar para área de risco, a orientação é procurar postos de saúde mais próximos. A imunização deve ocorrer com 10 dias de antecedência. Municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia, e portanto, são áreas de risco.

A alternativas mais indicadas pela Secretaria da Saúde ao posto de saúde do Desvio Rizzo são as UBSs do Mariani, de Forqueta e do Planalto Rio Branco.

 Leia também
"Ele dizia que só queria ser preso", relata refém de assaltante que atacou carro-forte em Bento Gonçalves
Prefeitura ingressará com pedido de reintegração de posse de cinco Amobs de Caxias do Sul   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros