Codeca recolhe 5,2 toneladas de lixo em Caxias nos dois primeiros dias de Carnaval - Cidades - Pioneiro

Copos, garrafas...12/02/2018 | 15h51Atualizada em 12/02/2018 | 16h19

Codeca recolhe 5,2 toneladas de lixo em Caxias nos dois primeiros dias de Carnaval

Resíduos foram deixados no chão na área da Estação Férrea, apesar de haver lixeiras

Codeca recolhe 5,2 toneladas de lixo em Caxias nos dois primeiros dias de Carnaval Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

 A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) recolheu 5,2 toneladas de lixo em dois dias de Carnaval. Os resíduos foram gerados por foliões dos blocos realizados sábado e domingo.

Leia mais
Forqueta, em Caxias, celebra as raízes italianas no Carnaval
Bloco Raiz atrai multidão à região da antiga Estação Férrea, em Caxias 

De acordo com a presidente da Codeca, Amarilda Bortolotto, a maior parte do material recolhido era de copos, garrafas, papéis e embalagens.

— Apesar de serem disponibilizados tonéis de lixo, na estação férrea, por exemplo, havia alguns vazios e lixo no chão —comenta.

O volume recolhido neste ano é um pouco maior em relação a 2017, quando foram contabilizadas exatas 5 toneladas no sábado e no domingo. Em todo o feriadão de Carnaval no ano passado, foram geradas 8 toneladas de lixo. Essa quantidade é semelhante à esperada para este ano, já que a Codeca estima recolher mais 3 toneladas nesta terça-feira (13) no bloco do Zanuzi. Nenhuma atividade de Carnaval está prevista para esta segunda em Caxias.

Neste ano, a limpeza das ruas está sendo realizada no início da manhã seguinte, como forma de reduzir custos para a Codeca. Desta forma, não é preciso deslocar equipes para trabalhar na madrugada e os servidores começam a trabalhar às 6h30min.

Trânsito

Os bloqueios de trânsito para os blocos de Carnaval de Caxias funcionaram conforme o previsto, segundo o secretário Cristiano de Abreu Soares. Ao todos foram cinco interrupções em pontos diferentes, quatro delas previstas.

Conforme Soares, o único bloqueio que não havia sido agendado foi o do Bloco Raiz, realizado no domingo na estação férrea. Como a Secretaria do Urbanismo não havia autorizado a realização do bloco, a área não contou com estrutura de apoio. Com o a grande concentração de foliões e a ocupação das ruas, no entanto, a fiscalização acabou sinalizando desvios na região.

 Nesta terça, a Rua Alfredo Chaves será bloqueada entre a Rua Sinimbu e a Avenida Júlio de Castilhos para a realização do bloco do Zanuzi.

Leia também
Semana deve começar com frio em Caxias do Sul
Secretaria da Educação de Caxias do Sul garante início de aulas com cuidadores em escolas municipais 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros