Regulamentação de transporte por aplicativo será votada nesta terça em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Política04/12/2017 | 18h03Atualizada em 04/12/2017 | 18h03

Regulamentação de transporte por aplicativo será votada nesta terça em Caxias do Sul

As medidas estão no substitutivo 2/2017

Regulamentação de transporte por aplicativo será votada nesta terça em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Entram em votação nesta terça, na Câmara de Vereadores de Caxias, as normas de transporte por aplicativos. Os vereadores avaliam o projeto de lei 50/2017, enviado pela prefeitura ao Legislativo em maio e que recebeu mais de 20 propostas de modificação. As medidas estão no substitutivo 2/2017, nova redação elaborada pela Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação, presidida pelo vereador Elói Frizzo (PSB).

Dentre as normas que estão no texto está que a exploração do serviço de transporte motorizado privado individual e remunerado de passageiros por aplicativos (STAP/Caxias) dependerá de autorização da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade a pessoas jurídicas operadoras de plataforma tecnológica. A secretaria ainda deverá realizar a vistoria dos veículos, que deverão ter, no máximo, oito anos de utilização, contados a partir da data de emplacamento. 

O carro precisa ter quatro portas e ar-condicionado. Além disso, a autorização para a exploração do transporte por aplicativos será válida, inicialmente, pelo prazo de até 24 meses. A proposição votada nesta terça veda, entre outros pontos, o embarque de usuários, diretamente em vias públicas, em veículos que não tenham sido requisitados pela plataforma tecnológica. 

Em setembro, a regulamentação de aplicativos de transporte foi aprovada em Bento Gonçalves. Os vereadores também votaram a favor de um projeto de lei complementar que estabelece a cobrança de taxas sobre o serviço, que consistirão em uma Taxa de Gerenciamento Operacional, além do Imposto Sobre Serviços.

Se for aprovada pelos vereadores e sancionada pelo prefeito de Caxias, Daniel Guerra (PRB), a regulamentação ocorre no prazo de 90 dias.

Leia também
Comércio de rua da Serra abre até as 20h em dezembro
Novo projeto para alterar Fiesporte depende de decisão do prefeito Daniel Guerra

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros