Ato simbólico marca início da ocupação da antiga Maesa, em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Cidade27/10/2017 | 19h33Atualizada em 27/10/2017 | 19h33

Ato simbólico marca início da ocupação da antiga Maesa, em Caxias do Sul

Prédio histórico recebeu dois serviços da prefeitura

Ato simbólico marca início da ocupação da antiga Maesa, em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Um ato marcou o início da ocupação do complexo da antiga Metalúrgica Abramo Eberle (Maesa), em Caxias do Sul, na tarde desta sexta-feira. Duas salas anexas ao prédio na Rua Plácido de Castro quase na esquina com a Treze de Maio, receberam o Departamento de Proteção ao Patrimônio Histórico e Cultural (DIPAHC) e a central de monitoramento da Guarda Municipal. Desde quarta-feira, os dois setores já funcionam nos locais.

Leia mais
Personagem da Festa da Uva, Dona Gema trocará Caxias por Machadinho
Memória: Vivências da família de Angelo Buffon
Projeto quer proibir o consumo de bebidas alcoólicas nas áreas públicas de Bento Gonçalves

— Não fizemos intervenções na arquitetura do espaço, apenas restauramos e mobiliamos. Nada mais simbólico do que inaugurarmos a ocupação com o setor que é responsável por garantir a preservação histórica do patrimônio do município — destacou a secretária municipal da Cultura, Adriana Antunes.

O investimento estimado foi de cerca de R$ 25 mil, obtidos com o pagamento da primeira parcela de aluguel da Voges, que usa parte da estrutura. Além disso, o município usou móveis e itens de outras secretarias para viabilizar a mudança.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros