Comunidade pode auxiliar CTG atingido por incêndio em Caxias do Sul  - Cidades - Pioneiro

Solidariedade11/09/2017 | 09h52Atualizada em 11/09/2017 | 10h45

Comunidade pode auxiliar CTG atingido por incêndio em Caxias do Sul 

Sede do Centro de Tradições Gaúchas Nova Querência foi completamente destruída pelo fogo na madrugada desta segunda 

Comunidade pode auxiliar CTG atingido por incêndio em Caxias do Sul  Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A poucos dias do feriado da Revolução Farroupilha, maior comemoração tradicionalista do Estado, os integrantes Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Nova Querência, de Caxias do Sul, se mobilizarão para dar continuidade aos trabalhos realizados pela entidade — na madrugada desta segunda-feira, a sede do CTG foi completamente destruída por um incêndio, no bairro São Victor Cohab. Ninguém ficou ferido.

— Quando eu cheguei por volta de uma hora (da madrugada) metade da estrutura já estava destruída. Não sabemos o que pode ter acontecido. Vamos esperar a perícia agora — diz o integrante do departamento financeiro do CTG Julio Cesar.

Leia mais
Incêndio destrói CTG do bairro São Victor Cohab
Caxias do Sul já vive clima de Semana Farroupilha. Confira a programação prevista para os Pavilhões

O Nova Querência ficava em um espaço de madeira na Rua Giovani Menegotto, próximo de uma creche. Dois carros que estavam estacionados na rua também foram atingidos pelas chamas.

Fundada em 2011, a entidade conta atualmente com cerca de 150 associados e oferece cursos gratuitos aos moradores semanalmente. Segundo Kaufmann, o espaço onde ocorreu o incêndio era utilizado três vezes por semana para ensaios. A última vez que os integrantes estiveram no CTG foi no sábado, para o ensaio das invernadas mirim e juvenil. 

A entidade havia programado atividades para a comemoração da Semana Farroupilha que iniciariam na próxima sexta-feira e seguiriam até a quarta-feira da semana que vem, porém a programação foi suspensa devido ao incêndio. As 14 apresentações da invernada cultural, fora da sede do CTG, previstas para os próximos dias tentarão ser mantidas pela entidade. 

— Não sabemos como vamos prosseguir sem a sede agora. Vamos ter uma reunião com a patronagem na noite de hoje (segunda-feira) para ver como será — diz Kaufmann.

Quem quiser auxiliar a entidade pode entrar em contato pelo telefone  984273436, com Julio Cesar Kaufmann, ou pela página da entidade no Facebook.



 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros