Morre jovem que se jogou de ônibus desgovernado em São Marcos - Cidades - Pioneiro

Trânsito12/07/2017 | 15h12Atualizada em 12/07/2017 | 19h32

Morre jovem que se jogou de ônibus desgovernado em São Marcos

Bruno Pereira da Silva, 22 anos, era natural de Vacaria e estava internado no Hospital Pompéia desde o dia 6 de julho 

Morre jovem que se jogou de ônibus desgovernado em São Marcos Polícia Rodoviária Federal / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Após seis dias internado no Hospital Pompéia, o jovem Bruno Pereira da Silva, 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta quarta-feira. Na última semana, ele e outras duas pessoas ficaram feridas após se jogarem de um ônibus em movimento no km 90 da BR-116, em São Marcos

Bruno, que era o único que permanecia ainda hospitalizado, passou por procedimento cirúrgico, mas não apresentou melhoras e teve a morte confirmada no final da manhã desta quarta.

Leia mais:
Motorista perde o controle, passageiros de ônibus se jogam para fora e ficam feridos em São Marcos
Ônibus de turismo de Garibaldi é atacado a tiros na BR-101, em Santa Catarina

A mãe dele, Maria do Carmo Dias Pereira, também se feriu no acidente ao tentar escapar do veículo desgovernado. Porém, ela foi liberada ainda na última semana pelo Hospital São João Bosco, em São Marcos. A outra pessoa sofreu apenas pequenas escoriações. Uma quarta vítima pessoa também se jogou do veículo em movimento, de acordo com o Corpo de Bombeiros, porém, não teria se ferido.

No final de tarde do dia 6 de julho, o ônibus transportava trabalhadores rurais quando o motorista perdeu o controle e só conseguiu evitar de cair em uma ribanceira ao bater o veículo em uma mureta de proteção na lateral da pista. O acidente foi registrado cerca de cinco quilômetros da ponte do Rio das Antas, na divisa entre São Marcos e Campestre da Serra. 

O ônibus, com placas de Vacaria, teria ficado sem freios. Foram constatadas diversas irregularidades como ausência de cintos de segurança e tacógrafo avariado e com aferição vencida, além do motorista não apresentar nenhum documento relativo ao fretamento. 

Com a morte confirmada, a Polícia Civil de São Marcos deve instaurar inquérito por homicídio culposo. Foi solicitada também a perícia do veículo.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros