Prefeitura de Caxias do Sul decreta situação de emergência por estragos causados por temporal - Cidades - Pioneiro

Levantamento16/06/2017 | 19h55Atualizada em 16/06/2017 | 19h55

Prefeitura de Caxias do Sul decreta situação de emergência por estragos causados por temporal

Conforme levantamento, 131 residências foram atingidas em Vila Oliva

Prefeitura de Caxias do Sul decreta situação de emergência por estragos causados por temporal Ricardo Daneluz/Divulgação
Foto: Ricardo Daneluz / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A prefeitura de Caxias do Sul decretou situação de emergência nesta sexta-feira em decorrência dos estragos causados pelo temporal do dia 8 de junho. A chuva e os ventos fortes causaram prejuízos na área urbana e rural do município, principalmente no distrito de Vila Oliva.

Conforme levantamento da Comissão Municipal de Defesa Civil (Comdec), 131 residências foram atingidas em Vila Oliva, sendo 65 danificadas e 66 totalmente destruídas. Na localidade, o temporal também causou a morte de duas pessoas: uma senhora de 78 anos e um jovem de 20 anos. Além disso, foi detectada perda significativa da produção hortifrutigranjeira armazenada, a morte de 10 bovinos e o destroçamento de inúmeras araucárias.

Leia mais
Após temporal, animais passam por atendimento veterinário em Vila Oliva, interior de Caxias

Morre segunda vítima do temporal no distrito de Vila Oliva, em Caxias
Vila Oliva tem energia elétrica restabelecida após o temporal
Mesmo com chuva forte, distrito de Caxias do Sul é reerguido com trabalho de servidores e voluntários 

O relatório com os detalhes do levantamento será encaminhado para homologação do Governo do Estado. Somente depois desse reconhecimento é que poderão ser repassados recursos estaduais e/ou federais a Caxias do Sul.O decreto em vigor já permite a compra de materiais pela prefeitura sem a necessidade de licitação para ajudar no processo de reconstrução da região atingida.


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros