Morre segunda vítima do temporal no distrito de Vila Oliva, em Caxias - Cidades - Pioneiro

Tragédia11/06/2017 | 15h57Atualizada em 11/06/2017 | 16h55

Morre segunda vítima do temporal no distrito de Vila Oliva, em Caxias

Émerson Cavalheiro de Moraes, 20 anos, estava hospitalizado desde quinta

Morre segunda vítima do temporal no distrito de Vila Oliva, em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Natural do município de Jóia, no Noroeste gaúcho, Émerson estava em Caxias há pouco mais de quatro meses Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Três dias depois do vendaval danificou 180 casas e deixou 450 desabrigados no distrito de Vila Oliva, em Caxias do Sul, morreu na manhã deste domingo, no Hospital Pompéia, o jovem Émerson Cavalheiro de Moraes, 20 anos, um dos feridos durante o temporal. Ele estava hospitalizado desde quinta-feira com lesão nos pulmões e traumatismo craniano em decorrência do desabamento da casa em que morava, e é a segunda vítima fatal do temporal — a outra foi uma senhora de 78 anos.

Natural do município de Jóia, no Noroeste gaúcho, Émerson estava em Caxias há pouco mais de quatro meses. Veio para trabalhar na colheita da maçã, em Vila Oliva, e acabou conseguindo um emprego fixo num pomar desse distrito. 

Leia também:
Solidariedade na reconstrução de casas danificadas pelo temporal que atingiu o distrito de Vila Oliva em Caxias do Sul
Não há consenso se estragos em Vila Oliva foram causados por tornado ou rajada de vento

De uma família de 17 irmãos, ele era o único em Caxias do Sul, segundo os irmãos Almerindo, 22, e Anderson, 18. 

— Ele era uma pessoa muito divertida. Com ele, não tinha tristeza, gostava de festas e tinha um monte de sonhos — conta Valmir de Oliveira, amigo da família.

O corpo de Émerson será trasladado para Jóia, onde será velado na igreja da comunidade Nossa Senhora da Salete. O sepultamento está marcado para as 17h desta segunda-feira, no Cemitério Municipal de Jóia.




 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros