"Caxias perdeu um gigante", diz José Antonio Fernandes Martins - Cidades - Pioneiro

Luto15/06/2017 | 09h47Atualizada em 15/06/2017 | 10h06

"Caxias perdeu um gigante", diz José Antonio Fernandes Martins

Paulo Bellini morreu na manhã desta quinta-feira

"Caxias perdeu um gigante", diz José Antonio Fernandes Martins Tadeu Vilani/Agencia RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A morte do presidente emérito da Marcopolo, Paulo Bellini, na manhã desta quinta-feira, deixa enlutada Caxias do Sul. Emocionado, o executivo da empresa e amigo da família, José Antonio Fernandes Martins, resumiu em uma frase a morte do companheiro de 52 anos de trabalho, trajetória e luta:

— Caxias perdeu um gigante.

Leia mais
Os 90 anos de Paulo Bellini
Paulo Bellini, o empresário sem fronteiras 

Martins está em Xangri-lá, no Litoral Norte. Ele aguardava informações sobre o velório para começar o deslocamento. Ainda não há informação sobre os atos fúnebres.

O presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, Nelson Sbabo, declarou: 

— Posso dizer que não vai ser a morte que vai apagar toda a história construída por ele. Bellini foi um homem muito a frente do seu tempo, foi um visionário. A principal característica dele era, sem dúvida, a simplicidade. Bellini gostava de estar no chão da fábrica conversando com os funcionários e isso contribuiu para que ele se transformasse nessa figura grandiosa.

Paulo Bellini deixa os filhos Paulo, Mauro e James. Em 2013, ele perdeu a mulher, Maria Célia Bellini, vítima de insuficiência respiratória aguda.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros