Após trabalho de voluntários, chácara da Apas é esvaziada em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Mobilização04/06/2017 | 16h27Atualizada em 04/06/2017 | 18h08

Após trabalho de voluntários, chácara da Apas é esvaziada em Caxias do Sul

Mobilização iniciou há cerca de três meses. Durante o processo, alguns animais também foram removidos para o canil municipal 

Após trabalho de voluntários, chácara da Apas é esvaziada em Caxias do Sul Marcelo Casagrande / Agência RBS/Agência RBS
Os animais da Apas estavam em terreno que é particular e fica em área de bacia de captação de água Foto: Marcelo Casagrande / Agência RBS / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

A polêmica chácara que abrigava dezenas de cães da Associação Caxiense de Proteção aos Animais São Francisco (Apas) praticamente encerrou atividades após o trabalho de voluntários neste final de semana. Quatro cães que restaram no local serão removidos neste domingo e vão para a casa de voluntários. A Apas era conhecida pelas precárias condições dos bichos e pela ocupação ilegal de terreno privado

A ação iniciou há cerca de três meses com a campanha 200 Corações para 200 Focinhos e ganhou força nas últimas nas últimas semanas com a intensa divulgação, principalmente, nas redes sociais. O trabalho deu resultado: só nos últimos dias, cerca de 30 animais ganharam novos lares. Dos quatro cães que ainda permaneciam na Apas, pelo menos dois já estavam tinham adoção garantida.

Em março, cerca de 20 cães e gatos foram transferidos para o canil municipal por funcionários da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), com o apoio de voluntários da causa animal. Porém, o espaço da prefeitura não tinha capacidade para abrigar todos os animais que viviam na ONG.

Uma das maiores preocupações dos voluntários era resgatar os animais antes da chegada do inverno. Em dias de chuva, as condições do terreno tornam-se precárias, com a formação de lama no entorno das casinhas, que também não são adequadas para os cães.

Leia mais
250 cães e gatos podem ficar sem lar após reintegração de posse em Caxias
Justiça determina que ONG Apas retire cerca de 200 animais de área invadida em Caxias

70 cachorros aguardam por adoção na Apas, em Caxias

— Graças a Deus a gente conseguiu mobilizar as pessoas e mostrar que eles (os animais) estavam sofrendo muito. Não teria outra opção senão a adoção. Era uma situação muito precária, eles ficavam em meio ao barro e as fezes. As casinhas também estavam cheias de frestas — comenta a voluntária Patrícia Viana. 

A retirada dos animais também é comemorada pela voluntária Cláudia Tormes:

— Ficamos muito felizes com a adoção deles. Ganhamos muita visibilidade com a campanha, vieram adotantes até de Bento Gonçalves e Nova Petrópolis — conta.

O ex-vereador Flávio Dias, responsável pela Apas, diz que pretende continuar os trabalhos da ONG, mas em um canil regularizado:

— Os animais de Caxias não podem ficar sem assistência. Vamos estudar uma forma de continuar, mas com um canil organizado, e não da forma como vinha ocorrendo — afirma.

Adoção 


Interessados em saber mais informações sobre os animais que ainda precisam de adoção podem entrar em contato com a ONG Help Vira Latas pelo telefone 9.9150.4565 ou com a ONG SOS Peludos pelo número 9 8102.4663.

Envolvimento

Nove entidades ajudavam na campanha de adoção do animais da Apas: Help Vira Latas, Brechó Chi Cão, Amor Vira-Lata, Chic Dog, Estação da Ração, Miss Dog, PAC, Palandi e a S.O.S Peludos  

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros