Morre em Caxias do Sul a Irmã Maria Paniz - Cidades - Pioneiro

Gente04/05/2017 | 15h04Atualizada em 04/05/2017 | 15h04

Morre em Caxias do Sul a Irmã Maria Paniz

Ela ficou reconhecida pelo empenho em trabalhos sociais, principalmente no bairro Santa Fé

Morre em Caxias do Sul a Irmã Maria Paniz Roni Rigon/Agencia RBS
A religiosa é velada na Capela Mortuária das Irmãs Murialdinas, em Fazenda Souza Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Morreu na manhã desta quinta-feira em Caxias do Sul a Irmã Maria Apollonia Paniz aos 90 anos. A religiosa ficou conhecida no município pelos inúmeros trabalhos sociais nos quais ela esteve envolvida durante a sua vida.

Irmã Maria era reconhecida por ter uma sensibilidade particular com os menos favorecidos, dedicando assistência às famílias e idosos. Um dos seus trabalhos mais conhecidos foi desenvolvido na Comunidade das Irmãs Murialdinas, no bairro Santa Fé. Além de visitas e orientação familiar, ela participava de atividades de instrutora em arte culinária e costura para adolescentes e funcionárias do Centro de Promoção, no mesmo bairro. A religiosa ainda ministrava cursos para as mães da Zona Norte. 

Irmã Maria atuou por mais de 12 anos na Pastoral da Dignidade da Mulher. Nos últimos tempos, apesar de ter passado por sérios problemas de saúde, continuou como agente de pastoral. O seu trabalho social foi reconhecido em maio de 2000, quando ela recebeu, em Turim, na Itália, o Prêmio Internacional Leonardo Murialdo, em reconhecimento por uma vida dedicada à juventude. Em maio de 2012, a Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, entregou a ela o troféu Mulher Cidadã pela categoria de defesa dos direitos humanos da mulher e combate à violência.

Leia mais
Tarifa de ônibus em Caxias não aumenta nesta sexta, diz Visate
"Poderia ser uma 'festinha'", diz Sandra Randon sobre não adiar a Festa da Uva
Safra de pinhão na Serra Gaúcha está 30% maior


Em 2014, Irmã Maria se mudou para o Centro Social Padre João Schiavo, em Fazenda Souza, para cuidar da saúde.

A religiosa é velada na Capela Mortuária das Irmãs Murialdinas, em Fazenda Souza. O sepultamento está marcado para as 17h desta quinta-feira no cemitério da mesma comunidade. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros