Municípios da Serra buscam recursos federais para construção de ponte sobre o Rio da Antas - Cidades - Pioneiro

Infraestrutura21/04/2017 | 13h31Atualizada em 21/04/2017 | 13h31

Municípios da Serra buscam recursos federais para construção de ponte sobre o Rio da Antas

Ligação entre Nova Pádua e Nova Roma do Sul é realizada atualmente por balsa

Municípios da Serra buscam recursos federais para construção de ponte sobre o Rio da Antas Diogo Sallaberry/Agencia RBS
A ponte terá 188 metros de comprimento e 24 metros de altura, o que proporcionaria segurança em caso de cheia do rio Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Um comitiva de Nova Pádua e Nova Roma do Sul esteve em Brasília nesta semana para solicitar recursos para a construção de uma ponte sobre o Rio das Antas. A ligação é uma demanda das duas cidades, já que hoje a travessia depende de uma balsa.

Leia mais:
Identificados homens mortos a tiros em Nova Petrópolis
Brigada Militar de Caxias participa de ação simultânea de policiamento promovida em todo o país

Conforme o prefeito de Nova Pádua, Ronaldo Boniatti (PSDB), o projeto executivo da estrutura já está pronto e foi encomendado pelo município vizinho. A ponte terá 188 metros de comprimento e 24 metros de altura, o que proporcionaria segurança em caso de cheia do rio. Também está prevista uma passagem para pedestres.O custo da estrutura é estimado em R$ 9.870.000, mas segundo Boniatti, os dois municípios não têm condições de bancar a obra com recursos próprios. A intenção, então, é conseguir recursos via Ministério da Integração Nacional. Também se projeta uma parceria com a Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), que opera uma pequena central hidrelétrica na área dos municípios.Conforme o prefeito, a Ceran construiu uma ponte de serviço para a construção da usina. 

Na época, ficou acordado verbalmente pela empresa e pelos municípios que a estrutura seria mantida para uso da comunidade. Uma enchente, no entanto, acabou derrubando a estrutura. Uma reunião está prevista para esta sexta para definir os aspectos logísticos para o repasse do dinheiro, caso seja aprovado.De acordo com Boniatti, a principal hipótese é a criação de um consórcio de municípios da região para administrar os recursos. Assim que o assunto estiver definido, o projeto será protocolado no ministério para dar início à tramitação.Além da audiência com o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, a comitiva de Nova Pádua também se encontrou com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e com Michel Temer. Na reunião com o presidente foram discutidas questões agrárias do município e a reforma da previdência.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros