Canela utilizou R$ 3,9 mi de conta do Parque do Caracol sem autorização - Cidades - Pioneiro

Impasse16/04/2017 | 12h55Atualizada em 16/04/2017 | 12h55

Canela utilizou R$ 3,9 mi de conta do Parque do Caracol sem autorização

Contato prevê que uso do recurso tem de ser aprovado pelo Governo do Estado

Canela utilizou R$ 3,9 mi de conta do Parque do Caracol sem autorização Nereu Almeida/ Agência RBS/
O valor ainda terá de passar por correção antes do depósito efetivo na conta do Parque do Caracol Foto: Nereu Almeida/ Agência RBS

O município de Canela utilizou R$ 3,9 milhões que deveriam ter sido destinados para o Parque do Caracol sem autorização da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. Como o parque é estadual, existe um contrato de cedência para que a prefeitura administre o espaço. Uma das cláusulas prevê que 80% da arrecadação sejam utilizados na manutenção, melhoria e promoção do Parque, mas a verba também pode ser aplicada no desenvolvimento e eventos do turismo de Canela, desde que o Estado autorize. As informações são da Gaúcha Serra.

Leia mais
Mulher é atingida com dois tiros após assalto em Caxias do Sul
Homem é morto a tiros em Bento Gonçalves

De acordo com a secretaria estadual, a dívida foi apurada desde 2015, quando a comissão dos Parques começou a fiscalizar gastos do Caracol. O valor ainda terá de passar por correção antes do depósito efetivo na conta do Parque do Caracol. Neste ano, o município apresentou uma proposta de pagamento, que está em avaliação pelo Estado.

Conforme o secretário do Turismo, Ângelo Sanches, a atual administração municipal quer fazer o acerto e manter os pagamentos em dia. A reportagem não conseguiu contato com o ex-prefeito Cleo Port.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros