Aos 93 anos, morre a costureira Corina Frigeri Wainstein em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Luto10/03/2017 | 11h01Atualizada em 10/03/2017 | 11h51

Aos 93 anos, morre a costureira Corina Frigeri Wainstein em Caxias do Sul

Foi Corina quem mais contribuiu para a criação dos figurinos das soberanas da Festa da Uva a partir de 1958

Aos 93 anos, morre a costureira Corina Frigeri Wainstein em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
O primeiro vestido confeccionado pela costureira foi para Zila Turra, rainha da Festa da Uva de 1958 Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Um dos nomes mais importantes da história da Festa da Uva morreu na madrugada desta sexta-feira em Caxias do Sul. A costureira Corina Frigeri Wainstein faleceu aos 93 anos no Hospital da Unimed, onde estava internada.

Foi Corina quem mais contribuiu para a criação dos figurinos das soberanas a partir de 1958, data em que começou a vestir as rainhas e princesas que representam a Festa da Uva. O primeiro vestido confeccionado pela costureira foi para Zila Turra. Já a última soberana que ela vestiu foi Juliana Marzotto (2002).

Leia mais:
Amigos lembram do trabalho de Corina Frigeri Wainstein, em Caxias do Sul


Em uma entrevista ao Pioneiro em 2010, a figurinista falou sobre o amor e a ligação com a Festa.

— Eu sou gringa, nasci no meio das uvas. Eu tenho um amor muito grande pela Festa da Uva e pelos caxienses. Eu amo essa terra, amo demais. Hoje eu não costuro mais porque acho que acabou a minha missão — confessa.

AF

Leia mais
Conhece a costureira Corina Frigeri Wainstein

Os trajes de Corina também estiveram presentes nos principais acontecimentos sociais da cidade e até de fora dela, nos últimos 60 anos. A figurinista vestiu a ex-primeira-dama de Caxias (1951-1955) e do Estado (1971-1975) Neda Triches, que tem uma coleção de vestidos assinados por Corina, e a ex-primeira-dama do município, Alexandra Della Giustina Baldisserotto.

A sobrinha Fernanda Horn Bigarella diz que considerava a tia como uma segunda mãe:

— Sempre fomos muito ligadas. Em tudo o que fazíamos ela estava presente. Era uma pessoa de uma bondade muito grande também. Tanto que chegou a confeccionar vestidos de graça para muita gente, que queria ter uma peça feita por ela — conta Fernanda.

Corina deixa o marido, Morche Wainstein, e os irmãos Severino, Maria, Berenice, Francisco e Marta, além de sobrinhos. 

O velório ocorre na Sala 1 das Capelas Cristo Redentor em Caxias do Sul. O sepultamento está marcado para as 16h, no Cemitério Público Municipal. 


cms -->
 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros