Moradores do loteamento Solar do Prado estão sem água desde quarta-feira em Caxias - Cidades - Pioneiro

Transtorno13/01/2017 | 15h27Atualizada em 13/01/2017 | 15h55

Moradores do loteamento Solar do Prado estão sem água desde quarta-feira em Caxias

Segundo o Samae, o abastecimento deve ser restabelecido ainda nesta sexta-feira

Pioneiro
Pioneiro

Desde a última quarta-feira, moradores do loteamento Solar do Prado estão sem água. O lugar fica próximo ao bairro Ana Rech, na região Norte da cidade.Alex Eurípedes Vargas Brum, 27 anos, diz que já telefonou diversas vezes para o Samae. A caixa d'água ficou vazia ainda na quarta-feira. Desde então, ele, a mulher, Fernanda Rodrigues, 22, e o filho, Bernardo, seis, precisam ir até casas de parentes para tomar banho ou fazer as refeições. Eles também tiveram que comprar garrafas de água para ter o que beber.

— Ou vamos na minha sogra, que mora no Esplanada (região Sul) ou na minha cunhada no bairro Santa Catarina (região Oeste). Como é longe, é muito gasto também, e com criança é bem difícil. Não temos nem como fazer um almoço, lavar uma roupa — reclama.

Leia mais:
Rota do Sol terá obras de recuperação ainda neste verão, diz Daer 
Inquérito sobre fiscalização de ponto dos médicos de Caxias corre no MP


Segundo Brum, a falta ocorre em grande parte do loteamento.

— Primeiro só diziam que ia voltar de madrugada, mas não voltava. Hoje falaram que é porque o nível de água está baixo. Conversei com vários vizinhos e eles também estão sem água — relata.

Segundo a assessoria de imprensa do Samae, o abastecimento deve ser restabelecido ainda nesta sexta-feira. O motivo da falta foi o rompimento de um tubo na terça-feira. Os técnicos fizeram o reparo mas, como o nível do reservatório ficou muito baixo, foi necessário fechar o registro novamente.

Para casos urgentes, é possível solicitar um caminhão-pipa pelo telefone 115, mesmo número disponível para informações.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros