Feriadão deve intensificar o tráfego de veículos na Serra e rumo ao litoral. Confira como estão as principais estradas - Cidades - Pioneiro

Trânsito11/11/2016 | 09h33Atualizada em 11/11/2016 | 09h33

Feriadão deve intensificar o tráfego de veículos na Serra e rumo ao litoral. Confira como estão as principais estradas

Enquanto algumas rodovias foram recuperadas recentemente, outras ainda aguardam por restauro, como a Rota do Sol

Feriadão deve intensificar o tráfego de veículos na Serra e rumo ao litoral. Confira como estão as principais estradas Felipe Nyland/Agencia RBS
Para quem vai dirigir em rodovias como a ERS-486, a recomendação é ter atenção com buracos e paciência com o trânsito Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O feriadão de Proclamação da República deve provocar movimento intenso nas rodovias gaúchas. Não apenas nas estradas que levam ao litoral, mas também nos trajetos que ligam a Capital ao interior, uma vez que muitos devem aproveitar os dias de folga para visitar familiares ou passar uns dias na cidade natal. Para quem vai dirigir, a recomendação é ter atenção e paciência com o  trânsito. 

Leia mais:
Cortes na educação não devem afetar escolas de Caxias do Sul
Cai mais do que a metade número de novos cadastros de imigrantes no SUS em Caxias
Polícia intensifica ações em rodovias da Serra após assaltos a ônibus intermunicipais
Brilha Caxias começa na próxima semana com concerto nas sacadas da Casa Magnabosco

— Acreditamos que haverá uma movimentação muito grande, não apenas rumo à praia, mas também às festas que ocorrem na região, como o Natal Luz, em Gramado, e a Fenamor, em Feliz. Nossa preocupação é que a mudança no clima pode deixar a pista mais úmida, e não dá para o motorista querer manter a mesma pegada — comenta o comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Farroupilha, sargento Givanildo Schiavon.

Principal caminho para as praias, a Rota do Sol (RSC-453) irá concentrar boa parte do fluxo de veículos, principalmente na sexta e na terça-feira. E se dirigir com cautela é o recomendável em qualquer situação, a necessidade se torna ainda maior no trecho entre Lajeado Grande e Tainhas, localidades de São Francisco de Paula, que têm apresentado bastante buracos e irregularidades na pista. O trabalho de recuperação previsto no Programa Restauro, nos moldes do que foi feito com o Crema Serra, só deve iniciar em dezembro. 

Esta semana, representantes da empresa Toniolo, Busnello, responsável pela obra, estiveram reunidos com o comando da PRE para tratar do início dos trabalhos. O pedido da corporação foi para que o serviço não ocorresse às segundas e sextas-feiras, dias em que a rodovia normalmente tem registros de lentidão devido à quantidade de veículos. 

COMO ESTÃO AS ESTRADAS

As informações foram prestadas pelas polícias rodoviárias:

— BR-470 - De Nova Prata a Bento Gonçalves
O trabalho de revitalização feito pelo Crema Serra ainda está em fase de acabamento, mas a pista está em boas condições. Ainda falta a conclusão da sinalização, por isso é preciso reforçar a atenção. 

— ERS-122 - De Farroupilha a Antônio Prado
O asfalto está em condições razoáveis, com alguns buracos pequenos e irregularidades na pista. A Polícia Rodoviária de Estadual (PRE) de Farroupilha recomenda atenção redobrada no km 45, na chamada curva da morte, onde é comum veículos tombarem.

— RSC-324 - De Nova Prata a Casca
Também contemplada pelo Crema Serra, foi toda restaurada e está em bom estado. Contudo, o trecho da mesma rodovia entre Casca e Marau, ainda aguarda reparos e pode ser considerado crítico, por conta de buracos. 

— RSC-453 - De Bento Gonçalves a Farroupilha
Trecho mais crítico da Rota do Sol, exige cuidado por conta das más condições da pavimentação, da ausência de acostamento e sinalização, e do tráfego intenso. O km 107, próximo à localidade de Barracão, é um dos mais perigosos do estado, por conta do número da quantidade de acidentes fatais. Exige cuidado. 

— RSC-453 (Rota do Sol) - De Caxias do Sul a Aratinga
O trajeto desde o viaduto da BR-116 até Lajeado Grande está em boas condições, pois foi recentemente recuperado pelo Crema Serra. O caminho entre Lajeado Grande e Tainhas só deve passar por reformas a partir de dezembro, e tem apresentado alguns buracos perigosos, às vezes tapados por equipes do Daer de São Francisco de Paula. 

— ERS-486 (Rota do Sol) - De Itati ao viaduto de Curumim
Condições boas em geral, mas com buracos perigosos e parte da sinalização apagada. Nos dois pontos onde há redutores de velocidade, nas proximidades do Km 30, não há mais parte dos tachões na pista.

— BR 101 - De Terra de Areia até a divisa com Santa Catarina
A rodovia está em bom estado, tanto o asfalto quanto a sinalização estão bem conservados. O grupo da PRF de Torres tem a expectativa de que o tráfego seja tranquilo no feriado, sem congestionamentos

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros