"Estava chegando em casa quando ouvi um barulho", diz empresário sobre a queda de helicóptero em Canela - Cidades - Pioneiro

Acidente13/10/2016 | 17h19Atualizada em 13/10/2016 | 17h36

"Estava chegando em casa quando ouvi um barulho", diz empresário sobre a queda de helicóptero em Canela

Três pessoas estavam na aeronave no momento da acidente. Duas ficaram feridas

"Estava chegando em casa quando ouvi um barulho", diz empresário sobre a queda de helicóptero em Canela Porthus Junior/Agencia RBS
A área em que o helicóptero caiu é dos pais do empresário Maico Ludke, 29 anos Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Um dos ocupantes do helicóptero que caiu nesta quinta em Canela será transferido para tratamento em Porto Alegre para tratar ferimentos no rosto. A aeronave transportava o piloto, o co-piloto e um mecânico de carro no momento do acidente. As primeiras informações apontam que o destino da aeronave, que vinha de Eldorado do Sul, era o heliponto do Hotel Fazenda Pampas, que sedia, desta quinta até domingo, o 1° Encontro Sul Americano Amigos do Land Rover. A aeronave sairia de Porto Alegre, mas como a Capital estava sem condições de voo, a saída foi de Eldorado do Sul.

Leia mais
Identificado homem encontrado morto em carro em Caxias do Sul

Buscas a jovem que sumiu em rio de Flores da Cunha serão retomadas nesta quinta-feira 

De acordo com um dos organizadores do evento, Marcos Batista, um dos passageiros iria até o encontro para rever amigos. Mas, a 300 metros do ponto da queda, o helicóptero começou a dar pane. O piloto não teria conseguido chegar no aeroporto e caiu em uma propriedade privada. A área em que o helicóptero caiu, no bairro São José, é vizinha do aeroporto de Canela e é dos pais do empresário Maico Ludke, 29 anos.

— Estava chegando em casa, com som alto no carro, e ainda assim ouvi um grande barulho. Vi o pessoal correndo na pista. Fui para lá também e, quando cheguei, os três ocupantes já estavam fora do helicóptero. Dois pareciam estar bem e um estava com o olho machucado — conta Ludke.

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

As três pessoas que estavam no helicóptero não tiveram suas identidades divulgadas. Conforme a Brigada Militar, o piloto tem 40 anos, o mecânico de veículos tem 45 anos e o outro passageiro tem 25 anos. 

Segundo o delegado Vladimir Medeiros, a princípio, uma pane elétrica no motor pode ter sido a causa do acidente.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros