Confira a lista de falecimentos deste final de semana - Cidades - Pioneiro

Obituário15/10/2016 | 05h01Atualizada em 15/10/2016 | 05h01

Confira a lista de falecimentos deste final de semana

Pioneiro
Pioneiro

BENTO GONÇALVES

Capela São José
(54) 3452.1660

- Olga de Costa, 85. Sepultada sexta-feira no Cemitério de São Valentim.

CAXIAS DO SUL

Novas Capelas São Francisco
(54) 3223.2511

- Idelfino Gimenes Filho, 73. Sepultado sexta-feira no Cemitério dos Santos Anjos.

Memorial São José
(54) 3028.8888

 - Dorilda Machado Florencio dos Santos, 83. Sepultado sexta-feira no Cemitério de São Luiz da 6ª Légua.
- Eloá Fonseca da Silva, 86. Sepultamento sábado, às 9h30min, no Cemitério Parque.
- Maria Luiza Marcon, 81. Sepultada sexta-feira no Cemitério do bairro Santa Corona.
- Therezinha Paschoa Catharina Randon Mezzomo, 83. Sepultada sexta-feira no Cemitério Público. 

Confira outros falecimentos da Serra

Memorial Crematório São José
(54) 3222.6694 ou 3504.1010

- Ana Maria Copetti, 65. Cremada sexta-feira.
- Geisa Cislaghi dos Reis, 35. Cremada sexta-feira.
- Gerson Maffazzioli, 61. Cremado sexta-feira.
- Gladis Maria Roncatto, 82. Cremada sexta-feira.

FARROUPILHA

Capela São José
(54) 3261.1100

 - Ismael Tomezatti Peres, 27. Sepultamento sábado, às 11h, no Cemitério Público.
- Joaquim Mendes, 59. Sepultado sexta-feira no Cemitério Público.

FLORES DA CUNHA

Funerária CCR
(54) 3292.5445

- Clélia Molon Bombardelli, 84. Sepultada sexta-feira no cemitério do Travessão Carvalho.


HISTÓRIA

Mais da metade da vida de Zelinda Selene, 81 anos, foram dedicados à vida religiosa. Nascida em Nova Trento, atual município de Flores da Cunha, a jovem iniciou sua caminhada religiosa oficialmente em 1957, em Caxias do Sul, quando assumiu o nome de Irmã Luiza.

Desde o início do seu caminho como Pastorinha (Irmãs de Jesus Bom Pastor), procurava pessoas que pudessem ajudar a congregação, que naqueles anos estava dando os primeiros passos no Sul do Brasil.

Ela teve passagens por diversas comunidades do Rio Grande do Sul, tais quais Torres, Porto Alegre, Canela, Santana do Livramento, entre outras. Irmã Zelinda, como gostava de ser chamada, se dedicava também à formação de círculos bíblicos e estava sempre empenhada em unir as comunidades em que visitava.

A todas as pessoas que iam visitá-la sempre dizia: ¿Pode contar com as minhas orações, isto é o que posso fazer agora¿. Irmã Zelinda faleceu no dia 11, por problemas de saúde. Ela estava internada no Hospital Pompéia.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros