Saiba como vai ficar o acesso ao Santa Fé, em Caxias, após obra na Rota do Sol - Cidades - Pioneiro

Trânsito29/09/2016 | 10h30Atualizada em 29/09/2016 | 10h59

Saiba como vai ficar o acesso ao Santa Fé, em Caxias, após obra na Rota do Sol

Trecho no Km 141  é considerado um dos principais gargalos do trânsito caxiense

Saiba como vai ficar o acesso ao Santa Fé, em Caxias, após obra na Rota do Sol Marcelo Casagrande/Agencia RBS
A intervenção abrangerá 600 metros da rodovia. Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O projeto da prefeitura de Caxias do Sul que pretende amenizar o confuso e perigoso acesso ao bairro Santa Fé, na Rota do Sol, perto do antigo Posto São Luiz, terá faixas secundárias e uma rotatória semifechada. Também estão previstos canteiros centrais para separar os dois sentidos da rodovia. A intervenção, que abrangerá 600 metros da rodovia, deve iniciar em 60 dias.

Leia mais:
Cidades da Serra se destacam em pesquisa do IBGE sobre pecuária 
Pioneiro vence categoria do prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental
Casa nova para quem mora nas ruas de Caxias do Sul

O ponto de maior mudança será no acesso ao Santa Fé: hoje, o condutor precisa aguardar a redução do tráfego de veículos para atravessar duas faixas, com fluxo intenso nos dois sentidos. Com a obra pronta, será necessário cruzar apenas uma faixa. Além disso, outra rotatória central facilitará o retorno em qualquer sentido da Rota do Sol. 

Conforme a Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMTTM), neste momento não haverá a instalação de semáforos. Porém, se houver essa necessidade, o mesmo projeto já permite a instalação do equipamento. 

— A princípio, com a mudança o fluxo da rodovia ficará mais leve neste trecho. Mas, se daqui alguns anos tivermos um aumento significativo na circulação de veículos, já prevemos um ponto para a colocação no acesso ao Santa Fé — explica o secretário Manoel Marrachinho.

A obra integra o Sistema Integrado de Mobilidade (SIM Caxias) e tem valor estimado em R$ 2,6 milhões. 

Reprodução Jornal Pioneiro Foto: reprodução

Acesso ao Santa Fé pelo antigo Posto São Luiz
Como é hoje:
quem vem no sentido Monte Bérico-Ana Rech e quer entrar no bairro Santa Fé, pelo antigo Posto São Luiz, é obrigado a parar em uma rua lateral, em frente à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos. Ali, é preciso aguardar o tráfego diminuir e atravessar a pista, que tem dois sentidos. Além da demora, o risco de acidentes é enorme.
Como ficará: o condutor utilizará uma faixa secundária, que contornará um canteiro central. Nesse ponto, ele será obrigado a parar na rotatória e aguardar para cruzar apenas um sentido da rodovia (Ana Rech-Monte Bérico). Quem quiser seguir adiante, no sentido Monte Bérico-Ana Rech, não precisará parar. 

Retorno no sentido de Monte Bérico-Ana Rech
Como é hoje: para quem está no sentido Monte Bérico-Ana Rech existe apenas uma opção de retorno (em frente à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos). O motorista precisa acessar uma rua lateral e aguardar o tráfego diminuir para atravessar a rodovia, que tem dois sentidos. Esse é o mesmo caminho usado hoje para acessar o bairro Santa Fé pelo Posto São Luiz.
Como ficará: o condutor poderá retornar em dois pontos ao longo do Km 141. O primeiro retorno ficará antes da Codeca e o motorista não precisará esperar a sua vez, pois utilizará uma pista secundária, chamada de faixa de aceleração, que contorna o canteiro central, e leva para a pista principal. A outra opção ficará em frente à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos e também funcionará com uma faixa de aceleração, onde o condutor poderá acessar a rodovia. 

Retorno no sentido de Ana Rech-Monte Bérico
Como é hoje: no sentido Ana Rech-Monte Bérico, o motorista pode fazer o retorno em frente ao antigo Posto São Luiz, acessando uma rua lateral. Para retornar à rodovia, é preciso aguardar que o fluxo de veículos diminua. Além disso, o condutor precisa atravessar a pista, que tem dois sentidos.
Como ficará: o acesso ao retorno ficará no canteiro central, pouco depois do antigo Posto São Luiz (sentido Ana Rech-Monte Bérico). Também terá uma faixa de aceleração, onde o condutor poderá acessar a rodovia sem atravessar a pista. 

Pista no sentido Monte Bérico-Ana Rech
Como é hoje:
no sentido Monte Bérico-Ana Rech existe apenas uma faixa de rolamento. Por vezes, os condutores fazem a gentileza de parar na rodovia para que outros veículos possam fazer o retorno ou acessar o bairro Santa Fé.
Como ficará: num trecho pouco antes da Codeca, sentido Monte Bérico-Ana Rech, até o primeiro retorno haverá três pistas num único sentido. Uma delas levará para o bairro Centenário II; outra mantém o condutor na rodovia e a terceira é a faixa de aceleração, que é usada para fazer o retorno na rotatória. 

Pista no sentido Ana Rech-Monte Bérico
Como é hoje:
ao cruzar pela passarela, há duas pistas: uma leva para o bairro Santa Fé e a outra mantém o condutor na rodovia.
Como ficará: o trânsito fluirá em duas faixas principais. Próximo ao antigo Posto São Luiz, haverá acesso a uma terceira faixa, que contorna o canteiro central e deverá ser utilizada por quem quer fazer o retorno. 

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros