EGR faz pesquisa sobre implantação de pedágio na Rota do Sol  - Cidades - Pioneiro

Estradas29/09/2016 | 15h08Atualizada em 29/09/2016 | 15h57

EGR faz pesquisa sobre implantação de pedágio na Rota do Sol 

Estudo de tráfego também ocorre na ERS-122, entre Antônio Prado e Vacaria, e na ERS-129, que passa por Guaporé e Serafina Corrêa 

EGR faz pesquisa sobre implantação de pedágio na Rota do Sol  Raquel Fronza/ Agência RBS/
Coleta de dados ocorreu em dois pontos da rodovia  Foto: Raquel Fronza/ Agência RBS

Motoristas que passaram pela Rota do Sol nas últimas semanas têm sido abordados por pesquisadores em pelo menos dois pontos da rodovia. Os funcionários buscam saber os hábitos de quem utiliza a estrada e as opiniões sobre as condições da infraestrutura. As informações são da Gaúcha Serra.

Leia mais
Antiga sede da Cesa de Caxias vai a leilão por valor mínimo de R$ 22 mi 
Saiba como vai ficar o acesso ao Santa Fé, em Caxias, após obra na Rota do Sol
Corte de CCs deve ser compromisso imediato do futuro prefeito, com apoio de vereadores
Homem assassinado em Caxias havia participado de reconstituição de crime horas antes


A proprietária de um restaurante às margens da rodovia na região de Contendas, Eronilda Pimentel Aguiar, foi uma das abordadas por volta das 13h desta quarta-feira. Segundo ela, funcionários com uniformes vermelhos sinalizam para os motoristas pararem e, em seguida, os pesquisadores realizam a entrevista, que dura entre três e quatro minutos.

— Fui abordada mais ou menos um quilômetro para lá de Vila Seca (em direção a Caxias). Eram perguntas básicas como quantas eu vezes eu passo na Rota do Sol. Eles perguntam você mora onde? Está indo para onde? Quantas vezes por mês você faz essa viagem? Perguntam em condições, quais seriam as prioridades da estrada e perguntaram também o que eu acharia de ter pedágio na Rota do Sol — relata.

Segundo a Secretaria dos Transportes, o levantamento é um estudo de tráfego contratado pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Embora haja relatos da presença de pesquisadores na rodovia ainda em julho, a secretaria afirma que a coleta de dados começou no último dia 12 e segue até esta quinta-feira. As entrevistas são realizadas no km 158, próximo à Vila Seca, e no km 251, cerca de 10 quilômetros após Tainhas, em direção ao Litoral.

Segundo o diretor técnico da EGR, Milton Cypel, a intenção do estudo é conhecer as características de tráfego da rodovia caso o governo decida implantar pedágios no futuro. A realização do levantamento não significa que a estrada vai ter pedágio, mas no momento de se discutir a implantação ou não da cobrança, as informações levantadas pelos pesquisadores são fundamentais.

— É preciso dados técnicos se quiser se fazer qualquer concessão — explica.

Conforme Cypel, a pesquisa é realizada por uma empresa especializada contratada pela EGR. Além da Rota do Sol, também foram colhidos dados na ERS-122, entre Antônio Prado e Vacaria, na ERS-129, que passa por Guaporé e Serafina Corrêa, e na estrada Nova Paraíso-Santa Maria, na região central do Estado. As informações agora serão cruzadas na sede da empresa, em Minas Gerais.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros