Encontro da Família Spiazzi em Santa Maria - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Memória26/05/2016 | 06h03Atualizada em 26/05/2016 | 06h03

Encontro da Família Spiazzi em Santa Maria

Confraternização deste sábado, dia 28, rememora a trajetória dos irmãos Domenico e Michelle Spiazzi, chegados a Serra em 1878  

Encontro da Família Spiazzi em Santa Maria Studio Geremia/acervo de família,divulgação
Família de Gabriel Spiazzi em 28 de janeiro de 1961. Em pé, a partir da esquerda, os filhos Alcindo, Alcides, Sueli, Lurdes e Sady. Sentados, na mesma ordem, Leny, o patriarca Gabriel, Marly, a matriarca Cecília e Flavio Foto: Studio Geremia / acervo de família,divulgação

Descendentes da família Spiazzi poderão conhecer um pouco mais sobre a história dos antepassados italianos em um encontro que ocorre neste sábado, dia 28, em Santa Maria. Apesar de a festa estar marcada para a região central do Estado, onde hoje estão fixados alguns familiares, foi na Serra gaúcha que os irmãos Domenico e Michelle Spiazzi se firmaram assim que chegaram ao Brasil.

A chegada dos irmãos à Serra remete a 1878, conforme informações da família. Domenico teve como destino Caxias do Sul e Michelle, Bento Gonçalves, mudando-se, posteriormente, para Santa Maria. Domenico casou-se com Luiggia Mascarello Spiazzi, com quem teve nove filhos: Ema, Amália, Margarida, Adelina, Ida, José, Joaquim, Agostinho e Gabriel.

 Já da união de Michelle com Florinda Carer, em setembro de 1879, nasceram os filhos Teresa, Isabela, Fioravante, Dusolina, Mérope, Ermelinda e Maria. 

Abaixo, fotos dos irmãos Michelle (primeiro) e Domenico (segundo). 

Michelle Spiazzi. Foto: Acervo de família / divulgação
Domenico Spiazzi.  Foto: Acervo de família / divulgação

Abaixo, um registro do casamento de Gabriel (filho caçula de Domenico) e Cecília Bonamigo Spiazzi, em 23 de dezembro de 1933. 

Casamento de Gabriel e Cecília em 1933.  Foto: Acervo de família / divulgação
Gabriel Spiazzi, filho caçula de Domenico Spiazzi, em 1928, aos 20 anos Foto: Acervo de família / divulgação

140 anos da imigração italiana: encontro da família Pisetta

Ramificações 


Fioravante Antonio Spiazzi, filho de Michelle, uniu-se a Olga Paust Spiazzi, com quem teve 10 filhos: Romeu, Julieta, Miguel, Ofelia, Mário, Orlando , Luiz, Jaime, Antonio e Ivo. Destes, apenas Antonio Carlos Paust Spiazzi vive.

E foi com o intuito de homenagear seus pais, avós e bisavós que os netos de Fioravante e Olga resolveram se organizar e promover o primeiro encontro dos Spiazzi. 

O evento contará ainda com as famílias descendentes de Domenico Spiazzi. 

Encontro da família Grandó/Grandeaux em Garibaldi

O sobrenome

A família Spiazzi é oriunda da localidade de Spiazzo, situada na região do Veneto, na Itália. Conforme pesquisa realizada pelos descendentes, o sobrenome surgiu na cidade de Vicenza com Giuseppe Di Spiazzo, cidadão originário da região de Spiazzo. Ele casou-se com Bruna Bertoli, dando origem ao clã dos Spiazzo. Porém, com o crescimento da família, o grupo passou a adotar o nome no plural, Spiazzi.

Encontro dos descendentes de Eugenio Anghinoni

Programação

A festividade está marcada para ocorrer na Associação de Ex-alunos Maristas, em Santa Maria. As atividades iniciam-se a partir das 8h30min, com um café da manhã de recepção. Os organizadores esperam mais de 100 participantes, vindos de diversas cidades do Brasil. Mais informações pelos telefones (55) 81118362, com Daiane Spiazzi, e (55) 9971.4417, com Carlos Alberto Spiazzi.

 Domenico Spiazzi, aos 72 anos, e Luiggia Mascarello Spiazzi em 1923 Foto: Acervo de família / divulgação

Confira outras publicações da coluna Memória

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros