Memória: as fases da Igreja Matriz de São Marcos - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

História28/04/2016 | 06h00Atualizada em 28/04/2016 | 12h44

Memória: as fases da Igreja Matriz de São Marcos

O primeiro templo religioso da cidade foi construído em 1893 por imigrantes poloneses 

Memória: as fases da Igreja Matriz de São Marcos acervo de Rogerio Formighieri/divulgação
Vista da Praça Dante Marcucci e da Igreja Matriz de São Marcos na década de 1970 Foto: acervo de Rogerio Formighieri / divulgação

A construção da primeira igreja em São Marcos, em 1893, veio atender a um pedido dos imigrantes italianos e poloneses que se estabeleciam na região. Como não havia um espaço dedicado à religiosidade na comunidade, os moradores eram assistidos por padres de Nova Trento e Antônio Prado, conforme registro no livro História de São Marcos, de Luiz Antônio Rizzon e padre Osmar João Possamai.

Galópolis ganha uma nova igreja em 1947

 A primeira igreja foi construída por imigrantes poloneses no local onde hoje está situada a Praça Dante Marcucci. O templo foi utilizado até 1919 e demolido em 1921. A edificação de uma nova matriz começou a ser pensada em 1913 e, em 1914, organizou-se uma comissão para tratar do assunto. Com a contribuição da comunidade, foi possível iniciar a obra um ano depois, em 1915.

Identificamos o guardião da chave da Igreja São Pelegrino em 1953

 A nova matriz foi levantada ao lado da casa canônica, em dois lotes doados pelo senhor Vitório Soldatelli. Já a inauguração ocorreu em 1920. Cinquenta anos depois, na década de 1970, houve um movimento para a construção de uma nova igreja matriz já que há tempos se percebia o risco de desabamento do antigo prédio. Após algumas reuniões, os líderes religiosos optaram pela demolição.

Primórdios da Igreja de Lourdes

Na foto que abre a matéria, um registro da segunda igreja na década de 1970, antes de ser demolida em dezembro de 1971. Ao fundo percebe-se a torre dos sinos, erguida em 1965, e com 39 metros de altura. O relógio foi trazido do município de Estrela. Abaixo uma imagem da construção da Igreja em 1919. Na sequência, a Matriz finalizada, em 1922. 

Construção da segunda Igreja Matriz em 1919 Foto: reprodução do livro História de São Marcos / divulgação
Igreja Matriz já finalizada em 1922 Foto: reprodução do livro História de São Marcos / divulgação

Comissão para construção da segunda igreja

Em 1914, organizou-se uma comissão para tratar da edificação da nova Igreja Matriz de São Marcos. Abaixo, um registro dos membros desta comissão. De pé, da esquerda para a direita, está Antonio Pessini, José Tonolli, Angelo Rech, Pio Dall' Alba, João Mazotti e Bortolo Bombana. Sentados, a partir da esquerda, Alexandre Zaniol, padre Antonio Rizzotto, Lucio Compagnoni e José Zanardo.

De pé, da esquerda para a direita, está Antonio Pessini, José Tonolli, Angelo Rech, Pio Dall' Alba, João Mazotti e Bortolo Bombana. Sentados, a partir da esquerda, Alexandre Zaniol, padre Antonio Rizzotto, Lucio Compagnoni e José Zanardo Foto: acervo de Arilde Cecíla Chemello Bertelli / divulgação

A terceira Igreja Matriz

A edificação da terceira Igreja Matriz iniciou no dia 1º de junho de 1972. Assim como na construção do segundo templo, houve intenso apoio da comunidade para arrecadar recursos. Os bancos, janelas e portas foram patrocinados por famílias e empresas da cidade. Os nomes dos doadores foram gravados nos objetos doados como forma de agradecimento. Após seis anos de obras, o templo foi inaugurado no dia 28 de outubro de 1978, véspera da famosa Festa de Nossa Senhora Aparecida e dos Motoristas.

Confira outras publicações da coluna Memória

Informações desta coluna integram o livro História de São Marcos. de Luiz Antônio Rizzon e padre Osmar João Possamai.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros