Memória: os 140 anos de São Romédio - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

História19/03/2016 | 06h01

Memória: os 140 anos de São Romédio

Primeiro núcleo social da cidade celebra aniversário neste final de semana com diversas atividades

Memória: os 140 anos de São Romédio Memorial São Romédio/divulgação
Registro da família Dalfovo em 1906. Foto: Memorial São Romédio / divulgação

O aniversário de 140 anos de São Romédio, neste final de semana, motiva recordações de centenas de famílias e seus descendentes. O pesquisador Gilmar Pedron Lorenzi, cuja família foi uma das pioneiras moradoras da localidade, disponibilizou uma imagem de 1906, aproximadamente. Nela aparecem o senhor Giovanni Batttista Dalfovo (de barba), um dos fundadores de São Romédio, juntamente com seu filho Santo Dalfovo e a nora Erminia Marcolla.

A fotografia é completada pelos filhos de Santo e Erminia: Maria Dalfovo Giordano (tia-avó de Gilmar e nascida em 4 de abril de 1896, à esquerda), Rosina Dalfovo (a menina menor em pé), João Dalfovo (no pedestal), Adele Dalfovo e Primo Dalfovo.

Lembranças dos 140 anos de São Romédio por seus moradores

Conforme informações fornecidas pela senhora Idalvina Novello Dalfovo, o patriarca Santo Dalfovo chegou a Caxias com apenas 20 anos e atuou como professor dos filhos dos colonos do lugar. Outra curiosidade da foto é a vestimenta do menino João Dalfovo, uma espécie de saia usada para facilitar a troca de fraldas e as necessidades - resquício de antigos costumes europeus.

Na Era Vitoriana (1837-1901), muitos meninos costumavam usá-las desde bebês até por volta dos cinco anos. A justificativa era de que os calções e calças possuiam fechos muito "complicados".

Uma escola na década de 1930

Na imagem abaixo, um grupo de alunos da Escola Municipal de São Romédio em meados da década de 1930. O educandário era frequentado por filhos das famílias Pedron, Pellini, Boff, Dalfovo, Giordano e Tessari, cujos descendentes são moradores de São Romédio até hoje. Sentada ao centro está a professora Ester Boff Tessari.

São Romédio, talian e as origens de Caxias do Sul


Escola Municipal de São Romédio na década de 1930. Ao centro, a professora Ester Boff Tessari. Foto: reprodução

História documentada

Boa parte da história de São Romédio encontra-se em murais e quadros na sede da comunidade. Por meio de fotos e textos é possível conferir o desenvolvimento do lugar pelo viés da religião, da educação, da economia e do envolvimento comunitário.


Quadros guardam a história da comunidade. Foto:Diogo Sallaberry/ Agência RBS


Registros antigos fazem parte do acervo de São Romédio. Foto:Diogo Sallaberry/ Agência RBS

Agende-se

* Neste sábado, às 18h30min, haverá missa com procissão do padroeiro no entorno da sede da sociedade.

* No domingo, às 10h45min,ocorre missa campal festiva ao lado da igreja, e ao meio-dia, almoço. A celebração contará com a presença do bispo Dom Alessandro Ruffinoni.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros