Apesar de reformas, UCI Neonatal de Farroupilha não tem prazo para operar - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Saúde pública30/03/2016 | 15h12

Apesar de reformas, UCI Neonatal de Farroupilha não tem prazo para operar

Habilitação para atendimentos SUS depende de tramitação junto a órgãos estaduais e federais

Apesar de reformas, UCI Neonatal de Farroupilha não tem prazo para operar Leandro Rodrigues/Divulgação
A inauguração das reformas, iniciadas em janeiro de 2015, ocorre na tarde desta quinta-feira Foto: Leandro Rodrigues / Divulgação
Mesmo com a inauguração de reformas realizadas no Hospital São Carlos para a instalação da Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) Neonatal, Farroupilha não tem data para que os atendimentos possam começar. A prefeitura encaminhou documentação para que a Unidade seja habilitada junto ao governo do Estado. Mas, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, o processo foi encaminhado ao Ministério da Saúde e retornou para que pendências técnicas sejam resolvidas. As informações são da Gaúcha Serra

Confira as últimas notícias do Pioneiro

Depois de solucionada esta etapa, a habilitação tende a demorar ainda de 6 a 12 meses. A Secretaria Estadual da Saúde ressalta, no entanto, que o contingenciamento de recursos federais faz com que o prazo seja imprevisível. Esse processo promove a verificação das condições das Unidades para garantir o cumprimento de requisitos estabelecidos em portarias ministeriais.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, ele é necessário para o funcionamento de serviços de alta complexidade custeado pelo governo federal com contrapartida do governo estadual. A inauguração das reformas, iniciadas em janeiro de 2015, ocorre na tarde desta quinta-feira. Foram realizadas melhorias no telhado, piso, pintura, instalação de sistema de ar condicionado e oxigênio, entre outras obras.

Os equipamentos para a UCI já foram comprados. Agora, está aberta a licitação para compra de mobiliário. O custo total para essas três etapas é de R$ 800 mil, segundo a secretária Municipal da Saúde, Maria da Glória Menegotto.

Serão 15 leitos disponíveis para atender a demanda regional. A instalação de um espaço para cuidados com recém-nascidos em Farroupilha é uma reivindicação que se arrasta, pelo menos, desde 2008.

GAÚCHA SERRA

Notícias Relacionadas

Saúde pública 20/08/2015 | 09h31

Hospital de Farroupilha retoma cirurgias eletivas pelo SUS

Instituição não realizava procedimentos desde o dia 3

Saúde pública 11/08/2015 | 10h32

Cirurgias eletivas pelo SUS estão suspensas no hospital de Farroupilha

Instituição negocia com anestesistas para retomar procedimentos que não são de urgência e emergência

Dívida 30/07/2015 | 17h01

Hospital São Carlos de Farroupilha faz empréstimo de R$ 7,4 milhões

O valor será pago em 60 meses

Saúde 17/07/2015 | 21h03

Prefeitura de Farroupilha revoga interdição no Hospital São Carlos

Nova diretoria assumiu administração da instituição

Saúde pública 01/06/2015 | 09h01

Hospital de Farroupilha deixa de ser referência em traumatologia e ortopedia

Ao todo, 34 municípios serão prejudicados

Saúde pública 13/03/2015 | 18h02

Hospital São Carlos tem dívida de R$ 17 milhões e demanda reprimida de 500 cirurgias eletivas

Esta sexta-feira marcou um ano da intervenção da prefeitura de Farroupilha na instituição

Acerto 30/01/2015 | 15h31

Dívida com os médicos do Hospital São Carlos, de Farroupilha, será quitada em três parcelas

Valor de R$ 2,6 milhões será custeado com recursos do município

Saúde pública 13/03/2014 | 16h34

Prefeitura de Farroupilha afasta direção e assume gestão do Hospital Beneficente São Carlos

Atendimento pelo SUS foi classificado como calamidade pública pela Secretaria da Saúde

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros