CVV dobra atendimentos de prevenção ao suicídio em Caxias - Cidades - Pioneiro

Ligação gratuita19/11/2015 | 05h31

CVV dobra atendimentos de prevenção ao suicídio em Caxias

Desde setembro, o serviço funciona 24 horas por dia pelo número 188

Pioneiro

A implantação de um número de telefone para ligações gratuitas ampliou um importante serviço de prevenção ao suicídio, o Centro de Valorização da Vida (CVV). Desde o início de setembro é possível ligar a qualquer hora para o 188. Se antes o serviço em Caxias do Sul estava disponível apenas das 8h às 22h e por meio de um telefone convencional, agora funciona 24 horas por dia, graças à interligação com outras cidades do Estado. Um telefonema originado em Caxias pode ser atendido aqui mesmo ou em Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Porto Alegre ou Novo Hamburgo, as cidades conectadas ao sistema.

Desde que o serviço começou a funcionar sem custo no Estado, no início de setembro, as ligações aumentaram, analisa o voluntário e coordenador-geral do posto caxiense, Geder Weber. A média de 300 ligações ao dia (sendo 200 efetivas e 100 trotes ou desligados), pulou para 1.004 em setembro (467 efetivas). Em outubro, foram 932 ligações, sendo 457 atendimentos efetivos. Ou seja, o número de pessoas atendidas dobrou.

— É um número bem bom. Já recebemos ligações de diversas partes do Estado, isso demonstra que as pessoas estão tomando conhecimento do serviço — avalia.

Confira as últimas notícias do Pioneiro

Para se ter ideia da importância, dados da Secretaria da Saúde de Caxias contabilizam 14 suicídios até abril deste ano, média de 3,5 ao mês. No mesmo período ocorreram 34 tentativas de suicídio. Em 2013 e 2014 a Secretaria registrou 56 e 44 suicídios, respectivamente (médias de 4,6 e 3,6).

O modelo implantando do Rio Grande do Sul, graças a um termo de cooperação com a Anatel, é um projeto piloto por seis meses. A expectativa é de que o 188 seja expandido caso alcance resultados positivos. Para o restante do Brasil o CVV ainda funciona pelo 141, que não é grátis. Em Caxias do Sul, o CVV funciona desde 2012.

Para ser voluntário

O CVV realiza curso de capacitação para os voluntários. Para se habilitar é preciso, além de passar pela formação, ter disponibilidade de quatro horas por semana e ser maior de idade.

— No programa a pessoa aprende novas posturas de escuta. Para ser voluntária a pessoa precisa ser aprovada — explica o coordenador-geral do posto de Caxias, Geder Weber.

Interessados podem se inscrever pelo telefone 3534.8408 ou pelo e-mail caxiasdosul@cvv.org.br, informando nome, telefone e e-mail. A próxima turma de formação deve começar em fevereiro.

Se você não conseguir efetuar a ligação ao 188, avise pelo telefone 3534.8408. Como o projeto é piloto, é possível que ocorra falha com alguma operadora.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros