Projeto de revitalização da antiga Metalúrgica Abramo Eberle é aprovado, em Caxias do Sul - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Patrimônio histórico04/11/2014 | 17h59

Projeto de revitalização da antiga Metalúrgica Abramo Eberle é aprovado, em Caxias do Sul

15 vereadores votaram a favor da proposta na Câmara Municipal

Projeto de revitalização da antiga Metalúrgica Abramo Eberle é aprovado, em Caxias do Sul Projeto Rossi Arquitetura e Urbanismo, reprodução/
Ideia é transformar o espaço em um centro de lazer, gastronomia, cultura, comércio e serviços Foto: Projeto Rossi Arquitetura e Urbanismo, reprodução

Foi aprovado pela Câmara de Vereadores o projeto de lei complementar que permite ao município autorizar interferências na estrutura da Fábrica 1 da antiga Metalúrgica Abramo Eberle, na Rua Sinimbu. O texto recebeu 15 votos a favor.



Quatro parlamentares foram contrários à proposta: Daniel Guerra (PRB), Denise Pessôa (PT), Renato Nunes (PRB) e Rodrigo Beltrão (PT). Três não votaram: Arlindo Bandeira (PP), Jaison Barbosa (PDT) e Washington Cerqueira (PDT).

A partir da sanção do prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT), o que deve ocorrer nos próximos dias, estarão autorizadas as interferências na estrutura do complexo.

Entram aí um prédio a ser erguido na esquina das ruas Sinimbu com a Borges de Medeiros, cujo altura estaria nivelada com o topo do relógio, e um edifício-garagem no interior do conjunto, respeitando a mesma altura. Ambos constam do projeto aprovado pelos integrantes do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (Compahc).

Como a ideia é transformar o espaço em um amplo centro de lazer, gastronomia, cultura, comércio e serviços, uma nova perspectiva do imóvel foi desenvolvida. Com base nos conceitos do retrofit, quando busca-se aumentar a vida útil de imóveis antigos por meio da incorporação de modernas tecnologias, o projeto da empresa Rossi Arquitetura e Urbanismo propôs a reformulação e/ou alteração e na demolição de alguns espaços internos, sem impacto na fachada pela Sinimbu e nas edificações de borda pela Borges de Medeiros e Os Dezoito do Forte.

O complexo, com destaque para o edifício da Sinimbu, um autêntico exemplar da arquitetura art-déco, é tombado pelo Patrimônio Histórico do município desde 2006.

O projeto propõe ainda restaurar a fachada principal, recuperando alguns elementos originais — entre eles a restituição de cinco janelas originais no quinto pavimento e o acesso central ao pátio interno.

A memória e a trajetória do império de Abramo Eberle também serão contemplado no espaço, mas o formato e a ideias para esse importante atrativo ainda estão sendo desenvolvidos pela equipe.

Após a saída da Faculdade de Inovação, atualmente apenas a loja Estação dos Brinquedos segue como locatária no prédio. O estacionamento é administrado pela empresa proprietária da área, a Tubo Center Incorporadora Ltda.

PIONEIRO

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros