Tremor de terra em Gramado foi de 3,2 graus na Escala Richter - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Abalo sísmico04/08/2014 | 13h14

Tremor de terra em Gramado foi de 3,2 graus na Escala Richter

Sismógrafo instalado em Canela registrou o fenômeno na noite de domingo

Tremor de terra em Gramado foi de 3,2 graus na Escala Richter Lauro Alves/Agencia RBS
Tremores foram sentidos em cinco bairros de Gramado Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
O sismógrafo instalado no Parque do Caracol, em Canela, registrou abalo sísmico de 3,2 graus na Escala Richter — cujo grau de magnitude vai até 7. Os tremores ocorreram seguidos de estrondos, ouvidos por vários moradores de cinco bairros de Gramado.

Segundo apurou a Rádio Gaúcha Serra, há três possíveis causas para tremores em Gramado. De acordo com o professor do Instituto de Geofísica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Roberto Cunha, a primeira delas é a movimentação de uma falha existente na encosta da Serra, próximo ao munícipio.

Conforme o professor, no entanto, há poucos estudo que avaliam a movimentação desta falha. Outra possibilidade, considerada a mais provável por já ser um fenômeno comprovado, é o reflexo de tremores registrados diariamente na Cordilheira dos Andes. A última hipótese é de que os tremores tenham sido causados por detonações em pedreiras. Essa causa, no entanto, é improvável por conta do horário da ocorrência.
 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros