Beatificação de padre de Caxias do Sul será encaminhada em 2015 - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Religião18/04/2014 | 07h03

Beatificação de padre de Caxias do Sul será encaminhada em 2015

Vaticano avaliará se João Schiavo será venerável, primeira etapa para ser beatificado

Beatificação de padre de Caxias do Sul será encaminhada em 2015 Jonas Ramos/Agencia RBS
Lourdes afirma que rezou ao Padre Schiavo pela saúde do marido, Juvelino Cara, e foi atendida Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS
O processo de beatificação do padre João Schiavo terá um grande passo no próximo ano. Está previsto para o primeiro trimestre de 2015 a avaliação da documentação, etapa que poderá nominá-lo como venerável,  o primeiro passo concreto para a beatificação.

Um livro com cerca de 500 páginas, que narra a vida e trajetória do religioso, está no Vaticano para ser interpretado por um grupo de nove teólogos, professores em faculdades de Roma e arredores. Eles precisam responder positivamente à pergunta: "João Schiavo viveu de forma heroica?". Com essa certificação, o Vaticano dará continuidade ao processo e encaminhará a beatificação, que pode levar até cinco anos.

Para ser beatificado, um dos mais de 150 milagres atribuídos ao padre João precisa ser comprovado para o Vaticano. A história do aposentado Juvelino Cara, 80 anos, foi a escolhida para ser apresentada aos italianos. Em 1997, Juvelino e a esposa, Lourdes, 75, planejavam ir ao litoral.

Mas o aposentado sofreu uma repentina isquemia intestinal. Ele teve os intestinos paralisados devido a uma trombose, diagnóstico grave e que é fatal em até 90% dos casos. Segundo o parecer do médico, a expectativa é que o aposentado morresse nas três horas seguintes à internação.

_ Eu esfarelei um santinho do padre Schiavo. Pedi com toda fé que eu podia ter, mesmo com os médicos dizendo que ele dificilmente resistiria_ lembra Lourdes.

Juvelino passou por uma cirurgia e sobreviveu. A família Cara e cerca de 30 profissionais, entre eles os médicos e enfermeiros que atenderam Juvelino na época, já foram interrogados por uma equipe do Vaticano. Por isso, o dossiê que narra este milagre está pronto, aguardando o título de venerável. Diante da responsabilidade de ter sua história como fator decisivo para a beatificação de Schiavo, o aposentado se emociona:

_ Fico trêmulo só de pensar, mas não quero que achem que eu sou o responsável. Fico sem jeito. Eu só não quero morrer sem ver ele se tornar santo.
 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros