Personalidades de Caxias do Sul lamentam morte do jornalista Jimmy Rodrigues - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Gente09/06/2013 | 16h03

Personalidades de Caxias do Sul lamentam morte do jornalista Jimmy Rodrigues

Velório será na Câmara de Vereadores

Personalidades de Caxias do Sul lamentam morte do jornalista Jimmy Rodrigues Juliano Barasuol Flores, divulgação/
Jimmy Rodrigues morreu neste domingo Foto: Juliano Barasuol Flores, divulgação

A morte do jornalista Jimmy Rodrigues, na tarde deste domingo, repercutiu nos meios político e da comunicação de Caxias do Sul. O corpo de Jimmy será velado na Câmara de Vereadores.

"Jimmy Rodrigues foi um mestre na arte de auxiliar aos prefeitos com quem trabalhou. Independentemente da cor partidária do prefeito, foi sempre um servidor exemplar. Deixa uma contribuição imensurável para a administração pública."
Alceu Barbosa Velho (PDT), prefeito de Caxias do Sul

"Foi uma pessoa sensacional, muito amigo e que procurava sempre ajudar os vereadores. Caxias perde muito, por tudo o que ele era, por tudo o que ele fez.
Geni Peteffi, ex-vereadora e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

"Foi uma pessoa muito querida, sempre ajudou muito o Mario. Muito competente naquilo que fazia, uma pessoa muito leal. Sempre foi muito nosso amigo. O Mario sempre gostou dele, pela honestidade, além de ser um excelente escritor. Lamento.
Vera Vanin, viúva do ex-prefeito de Caxias do Sul Mario David Vanin (1975-1976 e de 1993-1996)

"É uma pessoa que praticamente começou a rádio caxiense. Foi um um grande escritor, um grande jornlaista e radialista. Foi ele quem me ajudou na criação do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de Caxias (Compahc). Deixa um legado para nossa cidade que valoriza muito a questão das famílias e da história. Para o jornalismo e o radialismo, é uma perda irreparável"
José Ivo Sartori (PMDB), ex-prefeito de Caxias do Sul (2004-2012)

"É uma pessoa de grande relevância para Caxias do Sul, e a atuação dele nas letras é muito significativa, tanto na cultura quanto na literatura"
Maria Angelica Graziottin, colega de Jimmy na Academia Caxiense de Letras, que ocupa a cadeira número 27

"Foi colaborador nos meus dois governos à frente da prefeitura de Caxias do Sul, é um amigo de longa data, sempre foi um orientador, um professor, um grande cronista e um grande funcionário público. Podíamos assinar embaixo todas as apreciações e estudos que ele fazia com muito cuidado"
Mansueto de Castro Serafini Filho, duas vezes prefeito de Caxias do Sul (1977-1982 e 1989/1992)

"Uma pessoa com notável visão crítica do momento que se vivia, contrapondo sempre ao óbvio, ia adiante, com pensamento contestador. Um profissional extremamente ético, cauteloso, que trafegava com facilidade no meio político, mas sempre buscava o que era certo. Um crítico, inclusive, do próprio meio jornalístico"
Paulo Cancian, jornalista, que foi colega de trabalho de Jimmy no Pioneiro, Rádio Caxias, Jornal de Caxias e Folha de Hoje, entre outros

Notícias Relacionadas

Morte 09/06/2013 | 14h47

Jornalista Jimmy Rodrigues morre em Caxias do Sul

Ele será velado na Câmara de Vereadores

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros