Amigos e familiares preparam festa para velejadores canelenses nesta sexta-feira - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Aventura em alto-mar20/12/2012 | 08h02

Amigos e familiares preparam festa para velejadores canelenses nesta sexta-feira

Os irmãos Augusto e Gustavo Schlieper Hoffmann e o amigo Bruno Corino, tripulantes do veleiro Canela, chegaram no Brasil na segunda-feira

Amigos e familiares preparam festa para velejadores canelenses nesta sexta-feira Arquivo pessoal, divulgação/
Gustavo, Bruno e João Pedro Travi em um dos registros da viagem Foto: Arquivo pessoal, divulgação

Depois de uma volta ao mundo no veleiro Canela, os irmãos Augusto, 31 anos, e Gustavo Schlieper Hoffmann, 33, e o amigo Bruno Corino, 27, chegam na cidade natal nesta sexta-feira.

>> No Google Maps, confira o trajeto e a curiosidade da aventura

>> No gráfico, imagens e costumes dos locais por onde passaram

Augusto e Gustavo iniciaram a aventura em 2008, quando saíram de San Diego para uma jornada de quatro anos em alto mar. Bruno se juntou aos amigos em outubro de 2010.

Em maio de 2011, o paulista Leandro Brant, Rasta, tornou-se o quarto tripulante do Canela, no mesmo período em que Cláudio Cavalli — que saiu com Augusto e Gustavo da Califórnia há quatro anos — deixou a viagem para seguir projetos pessoais.

A última travessia dos guris durante a viagem durou 29 dias e se encerrou na segunda-feira, no Rio de Janeiro. No blog Destino Canela, no qual registraram os quatro anos de viagem, Augusto escreveu:

— Um pouco antes de Cabo Frio o vento parou e chegamos aqui com o mar paradinho e só uma brisa. Acho que poucos portos do mundo têm essa 'vibe' que o Rio tem. Chegar aqui por mar é especial.

Para receber os guris, os amigos preparam uma festa no Boteco do Bill na sexta à noite e um encontro na barragem do Salto - onde os guris aprenderam as primeiras lições de velejada - no sábado.



Os familiares também estão ansiosos, ainda mais com a proximidade do Natal. A arquiteta Zaira Schlieper (na foto acima), mãe de Augusto e Gustavo, está em um misto de ansiedade e emoção esperando os filhos. Durante a viagem, ela os visitou em San Diego, no começo da viagem, em Perth, na Austrália, em 2010, e Bali,na Indonésia, em 2011.

— Estou preparando a casa para o Natal, planejando fazer suas comidinhas preferidas, e tentando não esquecer do que gostam e do que esperam encontrar em casa. Durante estes anos da viagem, a casa deles foi o barco, mas a casa deles sempre será aqui. É sua história, suas coisas, seu lar — diz Zaira.

A promotora Vera Regina Melatte Corino, mãe de Bruno, só deseja que o filho — que não vê há dois anos e dois meses — chegue logo. Bruno só ficou tanto tempo longe de casa há quase 10 anos, quando fez um intercâmbio de seis meses na Alemanha. 

— Desejo que ele chegue bem e vamos festejar muito esse momento, reunindo a família. Com a viagem, eles (Bruno, Augusto e Gustavo) se tornaram irmãos, então parece que vou receber de volta três filhos — acrescenta Vera.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros