Tradicionalismo18/11/2012 | 22h06Atualizada em 19/11/2012 | 06h29

CTG Rancho da Saudade é o grande vencedor do 27º Enart

Encontro de Artes e Tradição Gaúcha, que terminou neste domingo, teve 78 mil visitantes

Enviar para um amigo
CTG Rancho da Saudade é o grande vencedor do 27º Enart Deivis Bueno/Estampa da Tradição/Divulgação
CTG Rancho da Saudade na final das Danças Tradicionais Força A Foto: Deivis Bueno/Estampa da Tradição / Divulgação

O maior festival amador da América Latina tornou-se ainda maior em 2012. Em sua 27ª edição, o Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) reuniu um recorde de público, com 78 mil visitantes — cerca de 10% a mais do que no ano passado — entre sexta-feira e domingo em Santa Cruz do Sul. Na categoria mais disputada e prestigiada pelo público, a Danças Tradicionais Força A, o CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, foi eleito o vencedor. 

Durante três dias, a cidade do Vale do Rio Pardo se tornou a capital do tradicionalismo no Estado. Foram cerca de 4 mil competidores — distribuídos em 24 modalidades — e cerca de 9 mil pessoas acampadas nos 14 hectares do Parque da Oktoberfest. 

— É consenso entre todos os organizadores e participantes: este é, indiscutivelmente, o maior Enart de todos os tempos — afirma o vice-presidente de Eventos do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), José Gelson Miola. 

Além do recorde de público, Miola destaca a transmissão inédita pela televisão da final da Força A, pela TVCOM, e a gravação do Galpão Crioulo, da RBS TV, que ampliam as fronteiras do Enart para fora de Santa Cruz do Sul. 

Nos dez palcos distribuídos pelo parque, músicos, trovadores e dançarinos expressaram seu amor pelo Rio Grande do Sul. Na categoria mais acirrada, a Danças Tradicionais Força A, a chimarrita, o balaio e o maçanico, entre outras danças tradicionais, foram interpretadas por 20 grupos que se classificaram para a finalíssima da categoria, disputada neste domingo no Ginásio Poliesportivo e acompanhada por oito mil pessoas. 

Além das coreografias típicas, os dançarinos promoveram espetáculos nas danças de entrada e saída, de tema livre, contando histórias de suas cidades, dotados de cenário e encenações teatrais. No entanto, o que conta mesmo para determinar o vencedor da Força A, é a execução das danças tradicionais. 

No último dia de disputas do 27ª Enart, também ocorreu a finalíssima da Força B das Danças Tradicionais, no Pavilhão 2, e a final de competições individuais, como chula, intérprete vocal, trova, danças gaúchas de salão, entre outras. 

Encerradas as apresentações, representantes de todos os grupos que competem no Enart participaram da Dança da Integração. A tradicional atividade de encerramento terminou o festival, que teve como lema a amizade, como tinha de ser: integrando os responsáveis por manter vivas as tradições gaúchas. 

Confira a lista de vencedores:

Danças Tradicionais - Força A
1º Lugar - CTG Rancho da Saudade
2º Lugar - CTG Aldeia dos Anjos
3º Lugar - União Gaúcha João Simões Lopes Neto
4ª Lugar - CPF Piá do Sul
5ª Lugar - CTG Guapos do Itapuí

Danças Tradicionais - Força B
1º Lugar - CTG Fronteira Aberta
2º Lugar - CTG Laço da Amizade
3º Lugar - CTG Os Gaudérios
4º Lugar - CTG Sentinela dos Pampas
5º Lugar - CTG Sangue Nativo

Enart mais tecnológico em 2013 

Para a próxima edição do Enart, os organizadores prometem um festival totalmente informatizado. Segundo o vice-presidente de Eventos do MTG, José Gelson Miola, desde a entrada dos tradicionalistas no evento e no palco, até as planilhas de avaliação dos jurados, tudo vai ser digital. O investimento é estimado em R$ 200 mil e visa dar agilidade e transparência para o evento. 

Além disso, o MTG garantiu que a próxima edição do Enart vai continuar sendo em Santa Cruz do Sul e que os palcos das competições devem ser ampliados para atender ao aumento de público. 

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga o Pioneiro no Twitter

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros