Caxias Basquete é dominado pelo Bauru e sofre a primeira derrota no NBB - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Revés em Mogi das Cruzes20/11/2020 | 21h30Atualizada em 20/11/2020 | 21h30

Caxias Basquete é dominado pelo Bauru e sofre a primeira derrota no NBB

Equipe caxiense não conseguiu superar a forte marcação dos paulistas

Caxias Basquete é dominado pelo Bauru e sofre a primeira derrota no NBB Wilian Oliveira/Paulistano,Divulgação
Foto: Wilian Oliveira / Paulistano,Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O KTO/Caxias do Sul Basquete sofreu a sua primeira derrota no NBB. Na sexta-feira (20) à noite, em Mogi das Cruzes, o time caxiense não conseguiu repetir o aproveitamento ofensivo da estreia contra o Brasília, foi dominado durante toda a partida e acabou batido pelo Bauru, por 74 a 54. 

Leia mais
Após estreia sem sustos, KTO/Caxias Basquete encara pedreira nesta sexta-feira

Sem tempo para lamentar, a equipe de Rodrigo Barbosa volta a jogar no domingo, às 16h, contra o Paulistano, mais uma vez no ginásio Hugo Ramos.

No segundo compromisso da temporada, o Caxias Basquete começou a partida com muitas dificuldades ofensivas. Logo no primeiro quarto, o Bauru aplicou uma marcação forte e contou com alguns erros do time gaúcho para conseguir uma vantagem tranquila nos minutos iniciais. A equipe caxiense cometeu seis erros e o reflexo veio no placar: 17 a 11.

O segundo quarto veio com o time de Rodrigo Barbosa mais desligado do que tinha iniciado a partida. Enquanto o Bauru não fazia muita força para ampliar sua vantagem, erros bobos e arremessos forçados da equipe gaúcha faziam a vantagem aumentar.

O baixo desempenho da equipe de Rodrigo Barbosa, principalmente na defesa, fez com que o time sofresse 22 pontos no período – e fizesse somente 13 –, indo para o intervalo perdendo por 39 a 24.

Na segunda etapa, o cenário não mudou. Engolido pela forte marcação do Bauru, o Caxias tentava reduzir a diferença, mas a resposta era imediata. Com grande atuação do jovem ala/pivô Gabriel Jaú, que fechou a partida com 23 pontos e 18 rebotes, o time do técnico Léo Figueiró controlou as ações e não deu chances sequer de os gaúchos verem a oportunidade de reagir. O experiente Alex, com 14 pontos foi outro destaque. No lado do Caxias, o maior pontuador foi o pivô Shilton, que marcou 11.

Leia também
Amesne prepara recurso para que Estado reveja possível pré-classificação em bandeira vermelha nesta sexta-feira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros