"Vai só nos motivar mais", diz vice de futebol do Juventude sobre comentários minimizando equipe - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Incentivo01/10/2020 | 19h30Atualizada em 01/10/2020 | 19h30

"Vai só nos motivar mais", diz vice de futebol do Juventude sobre comentários minimizando equipe

Alviverde vai encarar o Grêmio pelas oitavas da Copa do Brasil

"Vai só nos motivar mais", diz vice de futebol do Juventude sobre comentários minimizando equipe Porthus Junior/Agencia RBS
Osvaldo Pioner (D) disse que reação dos jogadores foi positiva com definição de Grêmio como adversário na Copa do Brasil Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude conheceu nesta quinta-feira (1º) seu adversário nas oitavas de final da Copa do Brasil. O sorteio, realizado na sede da CBF, dará oportunidade para o time de ter uma revanche. A equipe alviverde encara o Grêmio, mesmo adversário que eliminou o Papo da competição em 2019, na mesma fase do encontro deste ano. O primeiro duelo será na Arena, na semana do dia 28 de outubro, e a volta no Estádio Alfredo Jaconi, na semana de 4 de novembro.

Leia Mais
Lateral-direito Igor, do Juventude, é o convidado do Show dos Esportes nesta quinta-feira
Em repeteco de 2019, Juventude vai enfrentar o Grêmio nas oitavas de final da Copa do Brasil 

Para o grupo alviverde, o adversário de tradição e uma das principais equipes do país, motiva ainda mais para tentar chegar nas quartas de final.

— Muito bom. Uma equipe muito difícil. Vai ser uma partida muito boa, em dois jogos interessantíssimos. Sendo um time aqui do Rio Grande do Sul, vai ser bom para o Estado, para a mídia. Um clássico para relembrarmos aqueles grandiosos anos de Juventude e Grêmio. Nada melhor do que uma oitavas de final da Copa do Brasil para mostrarmos nosso trabalho e provando nosso valor — avaliou o meia Wagner.

Para a diretoria alviverde, há muita coisa diferente entre o time do técnico Pintado e aquele que acabou eliminado em 2019. Até por isso, não se tornou um problema encarar o Grêmio logo nas oitavas de final.

— Quando se chega onde chegamos, não podemos escolher. Venha quem tem que vir, e veio o Grêmio, do tamanho que é. Sabemos da dificuldade que vai ser, mas o grupo é diferente daquele do ano passado. Está mais bem preparado, mais qualificado. A reação do vestiário foi positiva, o pessoal ficou na motivação total, já sentiram a grandeza desse jogo — afirmou o vice-presidente de futebol Osvaldo Pioner, que acredita que encarar um time de elite é até melhor para a motivação do que um time da mesma divisão:

— De repente, é uma coisa muito perigosa. Imaginar que um time que está na B junto conosco, poderia ser mais fácil. E isso não é. Esse jogo vai exigir uma concentração máxima e uma entrega total para conseguir equilibrar.

Mais fraco?

Algumas opiniões da crônica esportiva de Porto Alegre afirmaram que o Grêmio pegou o adversário mais fácil entre os 15 possíveis na Copa do Brasil. O grupo de jogadores, comissão técnica e departamento de futebol já repercutem estes comentários e isso deve ser utilizado como incentivo para encarar o Tricolor.

— Eu recolhi esse material pensando em usar em algum momento. Para minha surpresa, chego no vestiário e vejo a maturidade desse grupo. Eles já estão usando isso. Os próprios atletas já sentiram isso e ficaram um pouco chateados e magoados. Quanto mais comentário desse nível aparecer, para nós só vai ajudar a jogar com mais garra e mais pegada. Não vai ser isso que vai nos abalar, vai só nos motivar mais — admitiu Pioner.

Antes dos duelos pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Juventude terá seis partidas pela Série B. A primeira delas, neste sábado (3), às 19h, contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli. Para esse confronto, o meia Renato Cajá é dúvida, enquanto o atacante Capixaba está praticamente descartado da partida. O time treina nesta sexta-feira (2) pela manhã e na sequência viaja para Campinas.

Leia Também
Redução nas vendas para o Dia das Crianças deve ser de 25%, projeta CDL Caxias


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros