Treinador do Juventude valoriza o esforço da equipe para superar o Avaí - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série B20/10/2020 | 22h00Atualizada em 20/10/2020 | 22h00

Treinador do Juventude valoriza o esforço da equipe para superar o Avaí

Pintado também destacou que deve preservar atletas na partida diante do Figueirense

Treinador do Juventude valoriza o esforço da equipe para superar o Avaí Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O técnico Pintado voltou a valorizar o trabalho de todo o grupo de jogadores, da comissão técnica e do departamento de futebol após a vitória sobre o Avaí, por 3 a 0, na noite desta terça-feira (20). O treinador ressaltou que era um jogo importante e necessário vencer para seguir próximo do G-4 da Série B, antes do encerramento do primeiro turno.

— Enfrentamos um adversário difícil, mas hoje nos superamos na determinação, na vontade de vencer e, principalmente, no respeito ao que preparamos para o jogo. Os jogadores cumpriram muito bem — disse Pintado.

Leia mais
Em noite inspirada de Breno, Juventude vence o Avaí no Alfredo Jaconi

O técnico também ressaltou que enfrentar adversários da parte de cima da tabela facilita o jogo do Ju, que é baseado em velocidade nos três atacantes. Pintado ressalta que os rivais pelo acesso jogam e permitem que sua equipe possa ter a posse de bola e agressividade.

— Acho que o nível de quando encaramos times da parte de cima da tabela é que oferecem a possibilidade de atacarmos e jogarmos, temos espaço para velocidade. Nossa produção é boa. Os números mostram também que quando saímos na frente dificilmente perdemos a mão do resultado. Fico muito feliz. Ninguém aqui está esperando as coisas acontecerem, estamos trabalhando e mostramos que poderemos fazer um segundo forte e seguir em busca de um sonho — projetou.

Para a próxima partida contra o Figueirense, no domingo  (25), o treinador já ressaltou que terá mudanças no time titular. Gustavo Bochecha está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas outros atletas também deverão ser preservados pela sequência de partidas realizadas.

— Em quatro dias você conseguiria recuperar, se só descansar os atletas. Mas temos que trabalhar. Nós temos um planejamento para repensar e ver quem tem maior desgaste. Importante que os jogadores estão lutando sempre por um bom resultado — valorizou Pintado.

Leia também
Prefeitura de Caxias confirma 160ª morte decorrente de covid-19


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros