Juventude tem ótima atuação, mas acaba ficando no empate com o Cuiabá - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série B06/10/2020 | 21h11Atualizada em 06/10/2020 | 21h27

Juventude tem ótima atuação, mas acaba ficando no empate com o Cuiabá

Em noite de grande atuação do goleiro adversário, a igualdade em 1 a 1 não refletiu a produção em campo

Juventude tem ótima atuação, mas acaba ficando no empate com o Cuiabá Porthus Junior/Agencia RBS
Goleiro João Carlos e o travessão impediram a vitória alviverde contra o Cuiabá Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Num dos melhores jogos dentro do Alfredo Jaconi no ano de 2020, Juventude e Cuiabá acabaram ficando no empate, em 1 a 1, pela 14ª rodada da Série B, nesta terça-feira (6). E o resultado só não foi melhor para o time alviverde, porque o goleiro João Carlos e o travessão salvaram o líder da competição.

No próximo sábado (10), o time do técnico Pintado encara o Brasil-Pel, em Caxias do Sul. Dois desfalques estão confirmados: o goleiro Marcelo Carné e o lateral Igor.

Leia mais
Com Cajá e Wagner, Juventude está escalado para enfrentar o Cuiabá

Num duelo de G-4, os dois times começaram a partida se estudando e tentando achar espaços. Aos 12, Cajá fez a primeira conclusão da partida. Na intermediária, o camisa 10 soltou a bomba e João Carlos defendeu. O Ju se estabeleceu no campo ofensivo. Aos 20, Breno recebeu na frente da meia-lua e tocou para Wagner, que entrou sozinho pela direita, concluir por cima.

O problema é que o Cuiabá precisou apenas de uma finalização no gol para marcar. Aos 24, Yago foi lançado nas costas de Helder e, na direita da área, cruzou rasteiro. Elton fechou na pequena área e escorou para rede. Gol do líder da Série B: 1 a 0.

O gol acordou de vez o alviverde. Aos 28, Breno chutou da entrada da área e João Carlos defendeu de forma estranha, mas tirou a bola para escanteio. Após a cobrança do tiro de canto, a defesa não afastou. Wellington dominou na meia-lua e serviu Igor. O lateral entrou livre pela direita e chutou cruzado, mas a bola foi para fora.

Wagner teve chances aos 31 e aos 32, mas em ambas foi parado pela defesa rival. Aos 36 foi a vez do zagueiro Anderson Conceição salvar o Cuiabá. Bochecha cruzou da esquerda e o camisa 4 tocou na bola, no miolo da pequena área, antes de Wagner colocar na rede.

No movimentado primeiro tempo, o Cuiabá ainda teve uma oportunidade para ampliar. Aos 39, após cobrança de falta na área, Elton tentou um voleio na frente com Carné, mas furou. A bola sobrou para Anderson Conceição, na risca da pequena área, em condição legal, finalizar no travessão. A parcial encerrou em favor do líder da competição.

O Ju voltou mais agressivo. Aos cinco, o meia Wagner acreditou no erro da zaga mato-grossense e ele aconteceu. O meia saiu sozinho no lado direito e cruzou rasteiro. Breno marcou o seu sétimo gol na Segunda Divisão: 1 a 1.

Aos 8, Bochecha arriscou da entrada da área e João Carlos defendeu mais uma. Aos 10, Cajá obrigou o camisa 1 adversário intervir mais uma vez. Três minutos depois, Helder tentou uma bicicleta e jogou para fora. A blitz foi forte. Aos 14, Wagner cabeceou e João Carlos, de novo, fez uma defesa daquelas para foto. Salvou outra.

Quando o camisa 1 não conseguiu botar a mão na bola, a trave barrou o ataque alviverde. Aos 16, na esquerda, Breno tentou colocar por cobertura e a bola ficou no travessão. Seria um golaço.

Num jogo tão intenso, a partida perdeu ritmo depois dos 20 minutos. Somente aos 30, o Ju assustou novamente. Breno chutou forte e João Carlos defendeu, mais uma. No lance seguinte a resposta do líder, Felipe Marques botou na frente de Igor e correu em direção ao gol. Ele tentou uma cavadinha e jogou a bola para fora. A melhor chance dos visitantes na segunda etapa.

Na reta final. Elvis quase garantiu a vitória do Cuiabá aos 45. Ele cobrou falta do lado esquerdo da área e Carné fez uma grande defesa. Fim de jogo e pontos divididos no Jaconi.

FICHA TÉCNICA
Juventude 1 x 1 Cuaibá
14ª rodada - Série B
Estádio Alfredo Jaconi

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Igor (S. Santos, 33/2º), Wellington, Nery Bareiro e Hélder; João Paulo, Gustavo Bochecha (Marciel, 33/2º), Renato Cajá, Wagner (Capixaba, 24/2º), Breno; Dalberto (Roberto, 24/2º). Técnico Pintado

CUIABÁ: João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição e Lucas Hernandez Romário, 37/2º); Luiz Gustavo, Ferrugem (M. Barbosa, 16/2º) e Elvis; Elton (Jenison, 28/2º), Yago (W. Santana, 37/2º) e Maxwell (Felipe Marques, 12/). Técnico: Marcelo Chamusca.

Gols: Elton (C), 24min, no primeiro tempo. Breno (J), aos 5min, no segundo.
Árbitro: Fábio Augusto Santos de Sá Junior, auxiliado por Cleriston Barreto Rios e Rodrigo Guimarães Pereira (trio sergipano).
Amarelos: João Paulo, Helder, Igor, Renato Cajá (J); Luiz Gustavo (C).

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros