Experiente e campeão, ala fala em novas responsabilidades no KTO/Caxias Basquete  - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

NBB15/10/2020 | 14h55

Experiente e campeão, ala fala em novas responsabilidades no KTO/Caxias Basquete 

Jogador de 33 anos será um dos pilares do time gaúcho

Experiente e campeão, ala fala em novas responsabilidades no KTO/Caxias Basquete  Porthus Junior/Agencia RBS
Eddy acredita que pode ensinar e aprender muito no Caxias Basquete Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Após o início das atividades do KTO/Caxias do Sul Basquete visando a temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB), os treinamentos vão servir para preparar o time para o início da competição e, principalmente, para que os jogadores se conheçam mais dentro de quadra.

Leia mais
KTO/Caxias Basquete inicia temporada e treinamentos para o retorno ao NBB

Entre os recém-contratados, um dos mais experientes é o ala Eddy, de 33 anos, que sabe da importância desse começo de trabalho para que os atletas se conheçam e que o planejamento do ano seja ainda mais alinhado entre os atletas.

— Não conheço muita gente, mas sei que vai ser um elenco que quer mostrar um pouco do basquete, porque alguns atletas muita gente não conhece, mas que estão cheios de vontade. Os que mais conheço são o Pedro e o Antônio, além do Rubinho e do Dida, que tive oportunidade de jogar contra aqui no Caxias mesmo. Mas será uma equipe de muito vigor e dura de ser batida dentro e fora de casa.

Campeão pelo Paulistano, o jogador sabe que na equipe gaúcha terá missões diferentes das que exerceu no seu time anterior, onde passou quatro temporadas:

— É bem desafiador. Aceitei a proposta do Caxias do Sul por ser um projeto bem diferente, vou ter responsabilidades além do que eu tinha no meu antigo clube. Esse novo desafio na minha carreira é o motivo por eu estar aqui. Estou bastante motivado para levar o nome do Caxias o mais alto possível nesse próximo NBB.

Em sua 13ª participação no NBB, o ala acredita que pode acrescentar muito aos jovens jogadores do Caxias Basquete que ainda buscam um espaço maior no cenário nacional do esporte. Ainda assim, não esquece que a convivência com esses atletas pode fazer com que ele melhore ainda mais.

— Espero passar um pouco da minha experiência para eles e agregar em todos os aspectos. Passar um pouquinho do que eu sei e também aprender com eles, porque a gente nunca para de aprender, né? Espero que a gente faça uma temporada de muito sucesso e que consiga conquistar os objetivos que vão ser traçados para a temporada — afirma Eddy, que se mostrou animado com a fala do técnico Rodrigo Barbosa de que todos no time foram escolhidos individualmente por ele:

— É muito gratificante saber que, dentre vários jogadores, você foi escolhido a dedo para fazer parte da equipe. Isso só me motiva para vir aqui e dar o meu melhor.

Leia também
Estudo encomendado pela CIC de Caxias levanta pontos problemáticos na RS-122

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros