Em busca de se reinventar na Série D, Caxias encara o Novorizontino fora de casa - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Em SP22/10/2020 | 06h30Atualizada em 22/10/2020 | 06h30

Em busca de se reinventar na Série D, Caxias encara o Novorizontino fora de casa

Grená tenta encerrar sequência sem vencer nesta quinta-feira (22)

Em busca de se reinventar na Série D, Caxias encara o Novorizontino fora de casa Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias começa nesta quinta-feira (22) o returno da fase de classificação do Campeonato Brasileiro da Série D. Depois de um início arrasador no grupo A-8, o grená não vence há quatro jogos e trata o confronto das 15h, contra o Novorizontino, no interior paulista, como a hora da reinvenção do time dentro da competição. Será um jogo de mudanças, para que o time se reencontre ao que já apresentou na temporada.

Leia mais
Sem "dar armas ao adversário", Lacerda mantém mistério sobre escalação do Caxias

— Lógico que gostaríamos de ter aquelas atuações que tivemos, não só no Campeonato Gaúcho, mas no início da Série D, com as vitórias. Mas é um momento em que precisamos, de certa forma, nos reinventar, criar alternativas — admitiu o técnico Rafael Lacerda, que mostrou não ser refém de modelo de jogo ou de atletas:

— Sempre deixei bem claro que além do nosso sistema que vínhamos jogando, criávamos outras situações. Contra o Novorizontino, uma equipe que a gente enfrentou há poucos dias, vamos ter que mudar um pouco nossa maneira de jogar, a postura e é o que a gente pensa para esse jogo. Mas não quer dizer que a gente vá mudar completamente o que vínhamos fazendo.

Para buscar a vitória, Lacerda mudará praticamente meio time. O lateral Bruno Ré e o atacante Claudinho, não viajaram. Além deles, o treinador admitiu que mais três jogadores não foram para Novo Horizonte, mas não divulgou o nome deles e o clube não liberou a lista de relacionados para a partida. A principal mudança deve ocorrer no meio-campo. Com Carlos Alberto e Diogo Oliveira numa provável lista dos que ficaram em Caxias do Sul, Tontini deve iniciar o confronto e o modelo de jogo ser modificado.

O Caxias sabe que vencer o Novorizontino é importantíssimo para não deixar o G-4 ao final da rodada e para retomar a confiança. Até por isso, Lacerda acredita que a experiência do time será primordial para vencer esse momento:

—  Estamos em um momento ruim tecnicamente. Nem digo tecnicamente, mas de resultados. Lá na montagem desse elenco, se optou por uma equipe experiente, com jogadores cascudos e acostumados a jogar em divisões superiores, justamente para quando chegasse esse momento, a gente saber superar — concluiu o treinador. 

Leia também
Com retorno autorizado, casas de festas infantis esperam recuperação somente em 2021


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros